Blog do Walison - Em Tempo Real

SEAP abre inscrições para seletivo com salários de até R$ 3 mil no MA

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para a contratação de servidores na Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) para os cargos de Especialista Penitenciário em Direito Temporário e Auxiliar Penitenciário Masculino.

As vagas serão ocupadas em unidades penitenciárias das cidades de Viana, Pinheiro e Santa Inês. As inscrições se estendem até às 23h59 do dia 31 de outubro, e deverão ser feitas, exclusivamente, pela internet, por meio do site oficial da SEAP.

As remunerações para os cargos variam de R$ 1.500 a R$ 3.000 pagos mensalmente, e já acrescidas as vantagens pecuniárias, permanentes e temporárias, estabelecidas por lei.Por: G1 MA 

Aposta única leva prêmio de R$ 11,5 milhões da Mega-Sena

Uma aposta única feita na cidade de Santos (SP) acertou as seis dezenas do concurso 2419 da Mega-Sena e levou o prêmio de R$ 11,5 milhões. 

As dezenas sorteadas ontem no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo foram: 10 – 35 – 43 – 48 – 50 – 53.

O próximo sorteio será realizado na terça-feira (19). A estimativa de prêmio para quem acertar os seis números é de R$ 16,9 milhões.Por: Agência Brasil 

Flávio Dino entrega escolas em Aldeias Altas, além de Praça da Família, Parque Ambiental e Centro da Juventude em Caxias

Os municípios de Aldeias Altas e Caxias receberam importantes investimentos do Governo do Estado. Em um só dia foram contemplados setores da educação, infraestrutura, cidadania e lazer. Na tarde desta sexta-feira (15), o governador Flávio Dino iniciou a agenda de entregas em Aldeias Altas onde inaugurou duas escolas. A E.M. Luis de Barros e U.E. Irmã Maria Teles passaram por grande reconstrução e ganharam cada uma oito salas de aulas. 

A dona de casa Maria de Deus visitou uma das escolas entregues e gostou do que viu. “Melhorou muito. É um investimento na educação das nossas crianças e eu gostei muito mesmo. A gente só tem a agradecer”.

Durante a visita à cidade, o governador entregou ainda cestas básicas, como parte do programa Comida na Mesa, cartões do Vale Gás e distribuiu mais de 5,8 toneladas de pescado. Dino também assinou ordens de serviço para pavimentação em vias, pelo programa Mais Asfalto; e Termo de Cooperação para doação de 150 mil blocos intertravados. Através programa “Minha Casa, Meu Maranhão” foram entregues casas para os moradores dos seguintes povoados: Taboca, Matão, João Dias e Santa Rosa. Ainda na cidade, cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega de um poço tubular profundo na área urbana do município; e retomada as obras de construção de poços nos povoados Brejo do Mota e Ronca.

O governador Flávio Dino também entregou as chaves de uma ambulância e uma viatura para Aldeias Altas. As obras e investimentos reforçam a parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Aldeias Altas e a comunidade, como pontuou o governador.

“Entregando a quinta escola aqui na cidade de Aldeias Altas. Já havíamos inaugurado três anteriormente e hoje estamos entregando mais duas. Escolas de grande porte que vão atender o município. Nós temos outras obras em execução aqui, hoje eu autorizei o início da pavimentação de ruas, entregamos material esportivo, cestas básicas e pescado que serão distribuídos pela prefeitura. Aldeias Altas já têm equipamentos do Governo do Estado, a exemplo do Restaurante Popular e o senhor prefeito fixou hoje novas metas: vamos inaugurar ainda este ano a obra do mirante, que é um atrativo de lazer, de esporte, cultura e diversão para a comunidade. Aldeias Altas já recebeu dezenas de milhões de investimentos em nosso governo e vai continuar recebendo em todas as áreas, porque eu sei da importância dessa cidade e da parceria com o prefeito Kedson e com a prefeitura municipal”, destacou o governador.

O prefeito de Aldeias Altas, Kedson Lima, comemorou os investimentos. “Só temos a agradecer ao governador Flávio Dino, porque ele tem um olhar voltado para aqueles que sempre foram esquecidos e hoje nós aqui recebemos essas duas escolas, recebemos poço artesiano, asfalto, cesta básica, pescado. Então, isso é motivo de orgulho para a gente, e dizer que a população de Aldeias Altas agradece ao governador Flávio Dino”, pontuou o prefeito.

Caxias

Após as entregas em Aldeias Altas, o governador Flávio Dino; o vice-governador Carlos Brandão e a comitiva do Governo do Estado seguiram para a cidade de Caxias. Dino entregou a Praça da Família, o novo Parque Ambiental e o Centro de Referencia da Juventude de Caxias. Opções de convívio e lazer, esporte, cultura e profissionalização. As obras são realizadas pelo Governo do Estado e fazem parte de um conjunto de ações de construção, recuperação e revitalização de espaços públicos por meio de programas da gestão estadual.

A Praça da Família contempla uma área para recreação infantil, outra de jogos com a instalação de mesas de dama, além de quiosques para venda de lanches, academia de pesos, pista de caminhada, playground, fonte luminosa, dentre outros atrativos. São 1650 m² de área construída. O espaço foi erguido com recursos da ordem de R$ 1,3 milhão.

O caxiense Júlio Rodrigues, que é servidor público acompanhou a inauguração. “A praça ficou um luxo. Aqui era um terreno baldio, eu moro aqui do lado e eu brigava com as pessoas porque elas traziam entulhos para essa praça. E hoje a gente está vendo uma realidade muito boa. Eu parabenizo o Governo do Estado pelo que está sendo feito pela comunidade. Uma coisa muito boa”, disse.

Já o novo Parque Ambiental, localizado em uma área de 11 mil metros quadrados, oferece uma estrutura completa de esporte e lazer para a comunidade. O investimento de R$ 7 milhões viabilizou a revitalização com a execução de academia ao ar livre, pista de caminhada, playground, fonte luminosa, quadra poliesportiva e ampla área verde.

Centro de Referência da Juventude

Também foi entregue, em Caxias, o prédio do Centro de Referência da Juventude, que chega com a missão de criar oportunidades de profissionalização para adolescentes, jovens e adultos. O prédio recebeu piso novo, forro, revestimento externo e interno, novas instalações elétricas e hidráulicas, ar-condicionado, sala de dança, entre outros espaços. A obra do Centro de Referência da Juventude custou cerca de R$ 1,2 milhão e é fruto de uma emenda do deputado estadual Adelmo Soares.

“Deus sabe o quanto estou feliz. Essa conquista é inteiramente da juventude. Enquanto saúde tiver, não vou descansar um dia na busca por dignidade, condições de capacitação e oportunidade de trabalho para todos”, pontuou o parlamentar.

Dalete Moraes, que tem 16 anos, será uma das alunas do Centro da Juventude. Para ela uma oportunidade de inserção no mercado de trabalho. “É legal para a gente se capacitar, se profissionalizar melhor, ter um futuro melhor. Então, eu acho muito interessante ter esse Centro da Juventude aqui em Caxias. Estou ansiosa e com expectativa lá em cima para começar os estudos. Vai ser muito legal”, disse ela. 

Ainda em Caxias, Flávio Dino entregou 7,1 toneladas de alimentos do Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf), kits feira, 2.880 itens esportivos e cartões do Vale Gás.

Clínica Sorrir

Durante a passagem do governador pela cidade de Caxias, também foi iniciada a construção de mais um Centro de Especialidades Odontológicas – Clínica Sorrir, equipamento que integra a rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES). A obra contempla consultório, sala cirúrgica, sala de atendimento pediátrico, radiologia panorâmica e sala de esterilização, entre outros espaços. Com isso, a cidade está prestes a ganhar mais um equipamento público que vai beneficiar milhares de pessoas oferecendo serviços odontológicos especializados.

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, agradeceu por todas as obras e investimentos que a cidade tem recebido. “Hoje é mais um dia especial e nós só temos que agradecer. Flávio Dino chegou em Caxias e plantou a melhor semente que o ser humano pode plantar, que é a semente do bem, a semente do amor. E hoje colhe o melhor fruto que o município pode oferecer que é o respeito e a dignidade. Essas obras e os programas sociais implementados serão mantidos. É dessa forma que vamos continuar administrando. Parabéns Caxias, parabéns governador”.

O governador Flávio Dino destacou os investimentos para os caxienses, anunciando que logo logo estará de volta na cidade. “Estamos avançando com o nosso cronograma de obras que abrange uma série de temas, todos os assuntos que nos foram levando pelo senhor prefeito, pelos deputados, pelos secretários, que militam, atuam e representam a cidade de Caxias. Nós demos encaminhamento desde a saúde com a instalação do Hospital Macro Regional e posteriormente da neurocirurgia e serviço de oncologia, como também avançamos da cidade de Caxias com a pavimentação de dezenas de quilômetros de ruas e agora estamos avançando com essas inaugurações de hoje e com outras obras em andamento. Muito em breve eu o senhor vice-governador Carlos Brandão vamos retornar a cidade de Caxias porque nós temos Restaurante Popular para inaugurar, a Clínica Sorrir, a Beira Rio de Caxias e temos o Centro de Ciências da Saúde da UEMA para inaugurar. Meu coração está cheio de gratidão, cheio de alegria. Gratidão a Deus, gratidão a população. Essa parceria do Governo do Estado, com a Prefeitura de Caxias, com os deputados, vai continuar, porque esse é o caminho certo, é caminho pelo qual a gente vence a crise. A gente consegue fazer investimentos, enfrentar o desemprego, enfrentar a inflação que está aí em todo o Brasil e aqui no Maranhão nós estamos mostrando como o trabalho sério consegue trazer resultados”, finalizou Dino.Por: Secom/Governo do Maranhão

Agende sua Consulta com o Zelador Espiritual Pedro de Oxum

Pedro de Oxum é conhecido na atualidade como uma das principais referências e expoentes da umbanda codoense, do estado do Maranhão e de todo o Brasil, uma pessoa simples e de gestos nobres que por onde tem passado tem deixado sua marca registrada na arte de ajudar ao próximo, um homem que costumeiramente vivi fazendo o bem sem olhar a quem.

Atualmente o Zelador Espiritual Pedro de Oxum tem feito atendimentos e consultas em todo o Brasil e também em outros países como Espanha, Portugal, Suíça e outros países do continente europeu, fale com o Zelador Espiritual Pedro de Oxum e agende já sua consulta.

Contatos: OI (99)98804-0739 ——- TIM (99)98154-3272

Pfizer entrega mais 1,3 milhão de doses de vacina ao Brasil

Um avião com mais de 1,33 milhão de doses de vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech desembarcou hoje (17) pela manhã no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo.

Esse foi o sexto lote entregue somente nesta semana, totalizando 10 milhões de doses. Essas doses são referentes ao segundo contrato estabelecido entre o governo brasileiro e a farmacêutica. Até o fim do ano, a estimativa é de entrega de 100 milhões de doses da vacina. No primeiro contrato estabelecido com o Brasil, a Pfizer já havia entregue outras 100 milhões de doses.

Distribuição

Antes de as vacinas serem distribuídas para a população, elas passarão por um controle de qualidade.

De acordo com o Ministério da Saúde, das mais de 310,4 milhões de doses de vacina distribuídas no Brasil, 94,2 milhões são do imunizante da Pfizer/BioNTech.

Até este momento, mais de 260,1 milhões de doses de vacinas contra covid-19 foram aplicadas no Brasil, sendo 151,3 milhões delas de primeira dose. Segundo o Ministério da Saúde, mais de 108,7 milhões de brasileiros já completaram o esquema vacinal. Por Agência Brasil

População estará imunizada contra covid até o fim do ano, diz ministro

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse hoje (16) que toda a população brasileira estará imunizada contra a covid-19 até o final deste ano. Queiroga participou, neste sábado, do lançamento do Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, em São Luís. A iniciativa busca incentivar a imunização com 18 vacinas diferentes. O público-alvo são pessoas com até 15 anos.

Em relação à covid-19, Queiroga lembrou que o Brasil já ultrapassou a marca de 100 milhões de pessoas com o ciclo vacinal contra a covid-19 completo. O termo é usado para designar pessoas que receberam duas doses de imunizantes oferecidos no Brasil ou a dose única da vacina Janssen.

“Estamos nos preparando para sair da maior crise sanitária que a humanidade já enfrentou. Isso se deve ao esforço conjunto de todos nós. Tenho certeza de que haveremos de vencer, em breve, essa pandemia. Isso eu posso me comprometer com vocês porque eu sei que até o final do ano toda a população brasileira estará imunizada”, disse.Por Agência Brasil

‘Rezo para que abandonem a violência’, diz Papa Francisco sobre terrorismo

Nesse domingo, 17, o Papa Francisco usou sua benção semanal na Praça de São Pedro para condenar os ataques violentos registrados na última semana na Noruega, Afeganistão e Inglaterra. “Expresso minhas condolências às famílias das vítimas e rezo para que, por favor, abandonem o caminho da violência, que é sempre uma perda e  derrota para todos”, reportou a Agência Reuters.

Na sexta-feira, 15, pelo menos 41 pessoas morreram e 70 ficaram feridas na explosão de uma mesquita em Kandahar, no Afeganistão. O ataque suicida foi reivindicado pelo grupo sunita linha-dura do Estado Islâmico, que agiu durante a oração do meio-dia de sexta-feira, quando muitos muçulmanos se reúnem para rezar. Na quarta-feira, 13, um homem matou cinco pessoas com arco e flecha em um ataque em Kongsberg, na Noruega, com indícios de terrorismo

Já a violência na Inglaterra faz referência ao assassinato do deputado David Amess, 69, do Partido Conservador da Grã-Bretanha, esfaqueado várias vezes em um ataque em Leigh-on-Sea, a leste de Londres, durante uma reunião com eleitores em uma igreja. Um britânico de 25 anos foi preso no local e não deu motivações para o crime. O Papa ainda pediu que as pessoas se lembrem de que a “violência só gera violência.” POR VEJA

Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep

Liberado desde agosto de 2019, o saque das contas dos fundos do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) está esquecido por muitos trabalhadores. Segundo a Caixa Econômica Federal, cerca de 10,5 milhões de brasileiros ainda não retiraram R$ 23,3 bilhões.

Tem direito ao saque quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada entre 1971 e 4 de outubro de 1988. Os interessados devem procurar a Caixa Econômica Federal para retirar o dinheiro. O prazo para o saque vai até 1º de junho de 2025. Após essa data, o dinheiro será transferido à União.

Até maio de 2020, a Caixa administrava apenas as cotas do PIS, destinadas aos trabalhadores do setor privado. No entanto, o Banco do Brasil (BB), que gerenciava o fundo do Pasep, destinado a servidores públicos, militares e funcionários de estatais, transferiu as cotas para a Caixa, o que permitiu a unificação dos saques.

O saque pode ser pedido no aplicativo Meu FGTS, que permite a transferência para uma conta corrente. A retirada em espécie varia conforme o valor a que o beneficiário tem direito. O saldo pode ser consultado no aplicativo, no site do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou no internet banking da Caixa.

O saque de até R$ 3 mil poderá ser feito nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e nos terminais de autoatendimento, utilizando o cartão Cidadão, com senha. Outra opção é nas agências da Caixa. Acima de R$ 3 mil, somente nas agências da Caixa, mediante a apresentação de documento oficial com foto. Para saber se tem direito às cotas do fundo, o correntista deve consultar o endereço www.caixa.gov.br/cotaspis.

Segundo a Lei 13.932, de 2019, os recursos do fundo ficarão disponíveis para todos os cotistas. Diferentemente dos saques anteriores, realizados em 2016, 2017 e 2018, não há limite de idade para a retirada do dinheiro.

A lei facilita o saque por herdeiros, que passarão a ter acesso simplificado aos recursos. Eles terão apenas de apresentar declaração de consenso entre as partes e a declaração de que não existem outros herdeiros conhecidos, além de documentos como certidão de óbito, certidão ou declaração de dependentes, inventários ou alvarás judiciais que comprovem as informações. Por Agência Brasil

Cães e gatos podem ter vírus da covid-19, mas não transmitem a doença

Apenas 11% dos cães e gatos que habitam casas de pessoas que tiveram covid-19 apresentam o vírus nas vias aéreas. Esses animais, entretanto, não desenvolvem a doença, segundo pesquisa realizada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Isso significa que eles apresentam exames moleculares positivos para SARS-CoV-2, mas não têm sinais clínicos da doença.

Segundo o médico veterinário Marconi Rodrigues de Farias, professor da Escola de Ciências da Vida da PUC-PR e um dos responsáveis pelo estudo, até o momento, foram avaliados 55 animais, sendo 45 cães e dez gatos. Os animais foram divididos em dois grupos: aqueles que tiveram contato com pessoas com diagnóstico de covid-19 e os que não tiveram.

A pesquisa visa analisar se os animais que coabitam com pessoas com covid-19 têm sintomas respiratórios semelhantes aos dos tutores, se sentem dificuldade para respirar ou apresentam secreção nasal ou ocular.

Foram feitos testes PCR, isto é, testes moleculares, baseados na pesquisa do material genético do vírus (RNA) em amostras coletadas por swab (cotonete longo e estéril) da nasofaringe dos animais e também coletas de sangue, com o objetivo de ver se os cães e gatos domésticos tinham o vírus. “Eles pegam o vírus, mas este não replica nos cães e gatos. Eles não conseguem transmitir”, explicou Farias.

Segundo o pesquisador, a possibilidade de cães e gatos transmitirem a doença é muito pequena. O estudo conclui ainda que em torno de 90% dos animais, mesmo tendo contato com pessoas positivadas, não têm o vírus nas vias aéreas.

Mutação

Segundo Farias, até o momento, pode-se afirmar que animais domésticos têm baixo potencial no ciclo epidemiológico da doença.

No entanto, é importante ter em mente que o vírus pode sofrer mutação. Por enquanto, o cão e o gato doméstico não desenvolvem a doença. A continuidade do trabalho dos pesquisadores da PUC-PR vai revelar se esse vírus, em contato com os animais, pode sofrer mutação e, a partir daí, no futuro, passar a infectar também cães e gatos domésticos.

“Isso pode acontecer. Aí, o cão e o gato passariam a replicar o vírus. Pode acontecer no futuro. A gente não sabe”.

Por isso, segundo o especialista, é importante controlar a doença e vacinar em massa a população, para evitar que o cão e o gato tenham acesso a uma alta carga viral, porque isso pode favorecer a mutação.

A nova etapa da pesquisa vai avaliar se o cão e o gato têm anticorpos contra o vírus. Os dados deverão ser concluídos entre novembro e dezembro deste ano.

O trabalho conta com recursos da própria PUC-PR e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Por Agência Brasil