Blog do Walison - Em Tempo Real

Economia da China se retrai com lockdowns sobre fábricas e varejistas

Um guarda de segurança está no prédio da Bolsa de Valores de Xangai, no distrito financeiro de Pudong, em Xangai, na China, enquanto o país é atingido por um surto de um novo coronavírus, em 3 de fevereiro de 2020. REUTERS / Aly Song

A atividade varejista e industrial da China caiu bruscamente em abril, uma vez que os lockdowns contra a covid-19 confinaram trabalhadores e consumidores em suas casas e afetaram gravemente as cadeias de abastecimento, lançando uma sombra sobre as perspectivas para a segunda maior economia do mundo.

Em março e abril, foram impostos lockdowns totais ou parciais nos principais centros do país, incluindo Xangai, atingindo a produção e o consumo e aumentando os riscos para aquelas partes da economia global fortemente dependentes da China.

As vendas no varejo despencaram 11,1% em abril em relação ao ano anterior, a maior contração desde março de 2020, mostraram dados da Agência Nacional de Estatísticas nesta segunda-feira (16), um declínio mais acentuado do que o previsto em pesquisa da agência de notícias Reuters.

Produção em queda

A produção das fábricas caiu 2,9% em relação ao ano anterior, contrariando expectativa de aumento e marcando o maior declínio desde fevereiro de 2020, já que as medidas contra o vírus afetaram as cadeias de abastecimento e paralisaram a distribuição.

Analistas agora advertem que a atual retração da China pode ser mais difícil de ser superada do que a observada durante o início da pandemia do coronavírus no começo de 2020, sendo improvável que as exportações aumentem e com as autoridades limitadas em suas opções de estímulo.

“O resultado final é que, embora o pior já tenha passado, acreditamos que a economia chinesa terá dificuldades para voltar à sua tendência pré-pandemia”, disseram analistas da Capital Economics.

Os investimentos em ativos fixos, com os quais Pequim conta para sustentar a economia à medida que as exportações perdem impulso, subiram 6,8% nos primeiros quatro meses do ano, em comparação com um aumento esperado de 7,0%. Por: Agência Brasil

Indústria deve qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025

Homem usando máscara de proteção trabalha numa usina siderúrgica. 2/3/2020. China Daily via REUTERS

O Brasil precisará qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025 para atender necessidades projetadas pelas indústrias, de forma a repor inativos, atualizar funcionários ou preencher as novas vagas programadas para o setor. É o que prevê o Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025, divulgado hoje (16) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Deste total, dois milhões precisarão de qualificação visando formação inicial para a reposição de inativos ou para o preenchimento de novas vagas. Os 7,6 milhões restantes serão via formação continuada para trabalhadores que precisam se atualizar para exercer funções.

Segundo a CNI, “isso significa que 79% da necessidade de formação nos próximos quatro anos serão em aperfeiçoamento”.

Cadeia produtiva

De acordo com a entidade, essas projeções têm por base a necessidade de uso de novas tecnologias e mudanças na cadeia produtiva que tanto influenciam – e transformam – o mercado de trabalho. Assim sendo, acrescenta a CNI, cada vez mais o Brasil precisará investir em aperfeiçoamento e requalificação.

O levantamento hoje divulgado, feito pelo Observatório Nacional da Indústria, tem por finalidade identificar demandas futuras por mão de obra e orientar a formação profissional de base industrial no país.

As áreas com maior demanda por formação são transversais (que permitem ao profissional atuar em diferentes áreas, como técnico em segurança do trabalho, técnico de apoio em pesquisa e desenvolvimento e profissionais da metrologia, por exemplo), metal mecânica, construção, logística e transporte, e alimentos e bebidas.

Edição: Kleber Sampaio Agência Brasil

Papa canoniza dez santos, incluindo padre holandês morto por nazistas

Pope Francis meets with participants in the plenary assembly of the IUSG at the Vatican

O papa Francisco canonizou neste domingo dez novos santos da Igreja Católica Romana, incluindo um padre holandês antinazista assassinado no campo de concentração de Dachau e um monge eremita francês assassinado na Argélia.

Aos 85 anos e usando cadeira de rodas devido a dores no joelho e na perna, o papa foi levado ao altar no início da cerimônia, que contou com a presença de mais de 50 mil pessoas na Praça de São Pedro. Foi uma das maiores aglomerações desde a flexibilização das restrições contra a Covid no início deste ano.

Francisco mancou em direção a uma cadeira atrás do altar, mas se levantou para cumprimentar individualmente alguns participantes. Ele leu sua homilia sentado, mas ficou de pé durante outras partes da missa e realizou a leitura com voz forte, muitas vezes saindo do roteiro, e depois caminhou para cumprimentar os cardeais do Vaticano.

Francisco leu as proclamações de canonização sentado em frente ao altar e ouviu salvas de palmas a cada um dos dez novos santos proclamados.

Titus Brandsma, que era membro da ordem religiosa carmelita e atuou como presidente da universidade católica de Nijmegen, começou a se manifestar contra a ideologia nazista antes mesmo da Segunda Guerra Mundial e da invasão alemã da Holanda em 1940.

Durante a ocupação nazista, ele se manifestou contra leis antijudaicas e pediu aos jornais católicos holandeses que não publicassem propaganda nazista.

Ele foi preso em 1942 e mantido em prisões holandesas antes de ser levado para Dachau, perto de Munique, onde foi submetido a experimentos biológicos e morto por injeção letal no mesmo ano, aos 61 anos. Ele é considerado um mártir, tendo morrido pelo que a Igreja chama de “ódio à fé”.

O outro novo santo conhecido é Charles de Foucauld, um nobre francês, soldado, explorador e geógrafo do século XIX que mais tarde passou por uma conversão e se tornou padre, vivendo como eremita entre os pobres berberes no norte da África. Ele publicou o primeiro dicionário tuaregue-francês e traduziu poemas tuaregues para o francês. De Foucauld foi morto durante uma tentativa de sequestro por invasores beduínos na Argélia em 1916.

Entre os outros oito que foram canonizados neste domingo estão Devasahayam Pillai, que morreu por se converter ao cristianismo na Índia do século 18, e Cesar de Bus, um padre francês do século 16 que fundou uma ordem religiosa.

Os outros eram dois padres italianos, três freiras italianas e uma freira francesa, todos tendo vivido entre os séculos XVI e XX. Fonte: Agência Brasil

Quase 100 pássaros silvestres são apreendidos na BR-316, em Caxias

Nesse sábado (14), cerca de 99 pássaros silvestres foram apreendidos na BR-316, no município de Caxias.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 23h, a equipe deu ordem de parada a uma picape que transportava no compartimento de carga várias caixas de plástico.

Questionado pelos policiais, o motorista do veículo disse que se tratavam de caixas vazias utilizadas para armazenar animais exóticos que ele trouxe de Fortaleza, no Ceará, para vender no Maranhão.

Durante a fiscalização, a PRF encontrou, em gaiolas escondidas entre as caixas, 95 pássaros da espécie Curió e quatro pássaros da espécie Trinca-ferro Cinza. Os animais estavam em pequenos espaços e privados de comida e água.

Indagado sobre o transporte dos pássaros, o condutor da picape informou que trabalha no ramo de venda de animais exóticos para Pet-Shops e que sempre vem para o Estado para vendê-los.

Diante dos fatos, tanto o veículo utilizado como os animais e gaiolas foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) na cidade de Teresina, no Piauí. Já o motorista envolvido assinou termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e foi liberado sob a condição de comparecer em juízo quando convocado.

Outra apreensão

Também nesse sábado (14), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 25,86 m³ de madeira nativa transportada de forma ilegal em um caminhão na BR-316, no município de Codó, a 298 km de São Luís.

De acordo com a PRF, o condutor do veículo não possuía nenhuma documentação fiscal ou ambiental da carga. Questionado pelos policiais, o motorista disse que estava levando a madeira da cidade de Ulianópolis, no Pará, para um comércio que fica no centro de Caxias.

Diante dos fatos, o caminhão e a carga ficaram retidos à disposição do órgão ambiental competente para demais procedimentos administrativos. Já o motorista do veículo assinou um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e foi liberado se comprometendo a comparecer em juízo quando intimado.Por: G1 MA 

Idosa é encontrada morta amarrada dentro de casa no Maranhão

Uma idosa identificada como Francisca Bispo Rodrigues, de 77 anos, foi encontrada morta amarrada e com sinais de violência, nesse sábado (14), dentro de sua casa no Povoado Livramento, localizado no município de Peritoró, a 236 km de São Luís.

Segundo o delegado da Delegacia Regional de Codó, Francisco Fontenele, o caso aconteceu na manhã de sábado e o corpo da vítima foi encontrado por populares, que acionaram a Polícia Militar. “A Polícia Militar foi acionada pelos populares. O fato é que alguns populares narraram que ela havia sido amarrada por eles. A gente não sabe se anterior ou posterior ao evento morte”.

O delegado acrescentou que os suspeitos foram reconhecidos como Carlos de Sousa Filho e Josimar Silva Santos, ambos com 28 anos. De acordo com ele, os suspeitos presos não confessaram o crime, mas alguns elementos confirmaram a prática do delito por parte deles.

“Eles não confessam. Um tenta atribuir ao outro a autoria delitiva, mas nós colhemos alguns elementos que confirma a prática do delito por eles. Algumas testemunhas já foram ouvidas. Os policias militares que realizaram a condução dos indivíduos. De forma que a nosso sentido já temos elementos mínimos para realizar a prisão em flagrante deles”.

De acordo com o delegado Francisco Fontenele, a princípio os dois suspeitos foram autuados pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte). “A suma do Supremo Tribunal Federal diz que para o crime de latrocínio acontecer mesmo que não há subtração patrimonial se o evento morte ocorre o latrocínio é consumado”, explicou.

Sobre a possibilidade da vítima ter sido abusada sexualmente, já que suas roupas foram encontradas levantadas, o delegado disse que aguarda o resultado do laudo cadavérico da idosa para constatar ou não o crime de violência sexual.

“Foi feito no próprio hospital de Peritoró a perícia, foi feita a coleta do material genético. O material vai ser posteriormente encaminhado para o Instituto de Genética Forense para que seja avaliado. Vamos esperar os laudos cadavéricos até mesmo para comprovar se ela foi ou não abusada sexualmente. Se do estupro tiver ocorrido a morte, aí já é uma qualificadora do estupro. Eles já não responderiam pelo latrocínio e sim pelo estupro qualificado pelo resultado morte. Tudo vai depender de como vier o laudo. A princípio eles respondem pelo crime de latrocínio, cuja a uma pena já é bem elevada de 20 a 30 anos. Agora o que a depender do que vier no laudo a situação deles pode se agravar”, finalizou o delegado Francisco Fontenele.

Manifestação

Na manhã desse domingo (15) os moradores do Povoado Livramento, em Peritoró, realizaram uma manifestação na BR-135, em Peritoró.

No local, eles pediram por justiça em relação a morte da idosa Francisca Bispo Rodrigues e também cobraram um posto policial na localidade, pois alegam que vem ocorrendo muitos furtos e roubos a residências e estabelecimentos na região. Com pedaços de pau e pneus, os manifestantes atearam fogo e interditaram a rodovia estadual. Por: G1 MA

Saiba como evitar acidentes graves com uso de panela de pressão

Para muita gente que cozinha ou que quer cozinhar, a panela de pressão é um dos utensílios mais temidos. O receio não é pra menos. Se manuseada de forma inadequada, ela pode explodir e provocar acidentes graves, em algumas situações, até fatais. Foi o que aconteceu no último Dia das Mães (8), em Ceilândia, cidade a cerca de 30 quilômetros (km) do centro de Brasília. A cozinheira de um restaurante, Jade do Carmo Paz Gabriel, de 32 anos, morreu após a explosão de panela de pressão no restaurante em que trabalhava.

A mulher chegou a ser socorrida por unidades avançadas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e equipes de socorro do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), mas ferida gravemente, sofreu parada cardiorespiratória e não resistiu. Outros dois funcionários do estabelecimento também foram atingidos, mas sem gravidade.

Orientações

Procurado pela Agência Brasil, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), destacou que a primeira dica de segurança para panela de pressão é a presença do selo de conformidade do Inmetro. “A certificação para panela de pressão é compulsória. Não identificando o selo, não compre. Ele é a indicação de que o produto foi testado nos requisitos de segurança, como a quantidade de água”, afirmou a autarquia.

Outra dica do instituto é nunca adquirir o utensílio no comércio ambulante. Pedir sempre a nota fiscal de uma loja é a garantia de troca em casos de defeito. O próximo cuidado é saber qual a capacidade da panela de pressão, ou seja, quantos litros ela comporta. Essa informação está descrita no manual do fabricante.

Durante a utilização da panela um item que também deve ser observado é a válvula com pino. Uma panela de pressão cheia demais pode entupir esse dispositivo de segurança e até causar uma explosão. Segundo especialistas, a válvula foi feita para liberar vapor, logo, se durante o uso a panela parar de fazer aquele chiado característico, pode indicar que foi obstruída. Nesse caso, a orientação é desligar o fogo imediatamente. Em seguida, com o auxílio de um garfo ou colher, deve ser feito um movimento para cima com a válvula para que o vapor dentro da panela escape. Essa última manobra nunca deve ser adotada se a panela estiver funcionando normalmente e se o objetivo for apenas acelerar a saída da pressão.

Outro sinal de problema é a liberação de vapor pela área circular onde fica localizada a borracha. Isso significa que a vedação está prejudicada e a borracha precisa ser substituída. “Caso haja necessidade de reposição de alguma peça, sempre procure por peças originais junto aos representantes autorizados pelo fabricante”, alerta o Inmetro.

Ao utilizar panelas desse tipo, assim que ela começar a soltar vapor, o fogo deve ser diminuído, pois se a água no seu interior já está fervendo, a chama alta não vai alterar a temperatura do seu interior.

O Capitão Paulo Jorge, oficial de informações públicas do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, acrescenta que essas panelas nunca devem ser abertas sem que toda a pressão tenha saído. O militar observa que esta prática comum entre cozinheiros não deve ser feita.

“Jamais coloque essas panelas sob a água da torneira para acelerar a retirada do vapor”, alerta. Paulo Jorge lembra que uma panela de pressão não pode ser preenchida totalmente: pelo menos 1/3 dela deve ficar vazia para acúmulo de pressão. Por: Agência Brasil

Paulo Dantas é eleito governador de Alagoas para mandato tampão

O estado de Alagoas tem novo governador. Foi eleito ontem (15) Paulo Dantas, em eleição indireta realizada na Assembleia Legislativa de Alagoas. O mandato tampão de Dantas se encerra em 31 de dezembro. O vice-governador eleito é José Wanderley. Dantas é deputado estadual e Wanderley é médico. Ambos são do MDB, partido do último a ocupar o posto, Renan Filho. A chapa emedebista recebeu 21 votos dos 27 possíveis.

Dantas tem 43 anos, nasceu em Maceió, é formado em administração e está em seu primeiro mandato como deputado estadual. José Wanderley Neto é natural de Palmeira dos Índios, tem 72 anos, é médico cardiologista e já exerceu o cargo de vice-governador do Estado, no período de 2007 a 2011, na primeira gestão do ex-governador Teotônio Vilela Filho.

Eleição indireta

A eleição indireta para o governo estadual é necessária porque, em abril, o então governador Renan Filho cumpriu o prazo de desincompatibilização e deixou o cargo para disputar as eleições para o Senado, conforme determina a legislação eleitoral.

Com a saída, o vice-governador, Luciano Barbosa, eleito na chapa de Renan, deveria assumir, mas não estava mais no cargo, porque venceu as eleições de 2020 e se tornou prefeito de Arapiraca. O primeiro na linha sucessória seria o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Vitor (MDB). No entanto, ele preferiu não assumir o governo do estado, porque ficaria impedido de concorrer à reeleição, e convocou as eleições indiretas.

Com os impedimentos, coube ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Klever Loureiro, último na linha sucessória, assumir o posto interinamente. O edital de convocação da eleição foi contestado pelo PP e o caso foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF).

Após analisar um recurso do PP, o ministro Gilmar Mendes determinou que fossem formadas chapas únicas para a disputa e reabriu o prazo para o registro das candidaturas.Por: Agência Brasil

Congresso prorroga MP que amplia margem do crédito consignado

Palácio do Congresso Nacional na Esplanada dos Ministérios em Brasília

O Congresso Nacional prorrogou a medida provisória que amplia a margem de crédito consignado para aposentados e pensionistas e autoriza pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e Auxílio Brasil a fazerem o empréstimo.

Segundo ato do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, publicado hoje (13) no Diário Oficial da União, a prorrogação é de 60 dias.

O crédito consignado é aquele concedido com desconto automático em folha de pagamento. Por ter como garantia o desconto direto no salário ou benefício, esse tipo de operação de crédito pessoal é uma das que oferecem os menores juros do mercado.

A MP, publicada no Diário Oficial da União no dia 17 de março, ampliou o acesso ao crédito consignado aos beneficiários do BPC e do Auxílio Brasil, além de ampliar a margem consignável de 35% para 40% da renda, reinstituindo o percentual que vigorou ao longo de quase todo o ano passado. Por: Agência Brasil

Ministério da Educação apresenta aplicativos para auxiliar estudantes

Sede do Ministério da Educação, em Brasília.

O Ministério da Educação (MEC) fez o pré-lançamento do aplicativo SouTec, que pretende estimular estudantes brasileiros a escolherem um curso técnico de acordo com cada perfil de interesse. O anúncio foi feito na feira Bett Brasil em São Paulo (SP), nessa quinta-feira (12). A previsão de lançamento é para o primeiro semestre de 2022.

De acordo com informações da pasta, por meio da ferramenta, o estudante deverá responder questões que avaliam suas preferências relacionadas a atividades de trabalho. Quando terminar, terá acesso a um resumo e a um relatório completo explicando qual é o perfil vocacional. O foco são os quase 12 milhões de estudantes que estão nos anos finais do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano).

“Essa demanda surgiu da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica [SETEC] do Ministério da Educação, que identificou a necessidade de os alunos brasileiros conhecerem os cursos profissionalizantes oferecidos pela rede federal de ensino. A ferramenta também pode ser utilizada por profissionais que desejam se reposicionar na carreira profissional, contribuindo para estimular a aprendizagem ao longo da vida”, divulgou o MEC.

No evento, foi apresentado outro aplicativo Jornada do Estudante, que pretende unificar informações da trajetória dos estudantes. A ideia é que os estudantes possam consultar os seus registros educacionais e documentos pertinentes à sua trajetória, desde o primeiro ingresso em estabelecimento de ensino, público ou privado, até o nível superior e de especializações.

Segundo o MEC, o aplicativo servirá também como mecanismo de comunicação, de modo que os estudantes recebam as novidades do governo federal voltadas à educação. O lançamento deve ocorrer também neste primeiro semestre.

Os aplicativos serão disponibilizados gratuitamente na loja do gov.br para as plataformas Android e IOS.

Edição: Valéria Aguiar Agência Brasil

Covid-19: em 24 horas, Brasil teve 25,6 mil novos casos e 125 mortes

Rio promove o Dia D da Campanha de Multivacinação em crianças e adolescentes.

As secretarias estaduais e municipais de Saúde registraram 25.609 novos casos de covid-19 em 24 horas em todo o país. De acordo com as secretarias, foram confirmadas também 125 mortes por complicações associadas à doença. Os dados estão na atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta sexta-feira (13).

Com os novos dados, o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus durante a pandemia chegou a 30.664.739.

boletim epidemiológico 13.05.2022

boletim epidemiológico 13.05.2022 – Ministério da Saúde

O número de casos de covid-19 em acompanhamento está em 288.221. O termo é usado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que os pacientes não tiveram alta, nem resultaram em óbito.

Com os números de hoje, o total de mortes chegou a 664.780. Ainda há 3.194 mortes em investigação. As ocorrências envolvem casos em que o paciente faleceu, mas a investigação sobre a causa, se foi covid-19, ou não, ainda demanda exames e procedimentos complementares.

Até agora, 29.711.738 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 97% dos infectados desde o início da pandemia.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, o estado que registra mais mortes por covid-19, até o momento, é São Paulo (168.617). Em seguida, aparecem o Rio de Janeiro (73.632), Minas Gerais (61.410), o Paraná (43.180) e o Rio Grande do Sul (39.375).

Os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são o Acre (2.002), o Amapá (2.132), Roraima (2.151), o Tocantins (4.156) e Sergipe (6.345).

Vacinação

Até esta sexta-feira (13), foram aplicadas 426.426.384 doses de vacinas contra a covid-19, sendo 176,3 milhões como primeira dose, 157,3 milhões, como segunda dose e 4,8 milhões como dose única. A dose de reforço foi aplicada em 81,8 milhões de pessoas e 2,4 milhões já receberam a segunda extra, ou quarta dose da vacina.

Edição: Nádia Franco Agência Brasil