Blog do Walison - Em Tempo Real

Câmara aumenta pena de maus-tratos contra animais e zoofilia

A Câmara dos Deputados aprovou na tarde dessa terça-feira (11) o projeto de lei que aumenta pena em casos de maus-tratos contra animais. O texto estabelece que a pena será acrescida de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal ou quando forem constatados atos de zoofilia (ato sexual entre seres humanos com animais). A matéria segue para análise do Senado.

A matéria foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em abril, mas só foi levada ao plenário da Casa nesta semana depois de comoção nacional com o espancamento e morte de um cachorro pelo segurança de uma rede de supermercados. O caso aconteceu no início deste mês, na cidade de Osasco (SP).

Para o relator da matéria, deputado Fábio Trad (PSD-MS), o aumento de pena é justo e mantém o equilíbrio das penas existentes na legislação. “O texto avança em termos penais na disciplina protetiva dos animais”, disser.

Senado
Um grupo de ativistas em defesa dos animais esteve hoje no Senado para pedir apoio ao presidente da Casa, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), para aprovar outro projeto que também endurece as penas por maus tratos a animais. De acordo com a PLS 470/2018, a pena para esse tipo de crime será de três anos e se for cometida em estabelecimentos comerciais poderá chegar a mil salários mínimos. A medida foi incluída na pauta e pode ser votada ainda nesta terça-feira.

Ao justificar o projeto, o autor da medida senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse que a sociedade brasileira recebeu com “indignação e estarrecimento a execução cruel a que foi submetido o cachorro em Osasco”. “A violenta morte do animal causou revolta e manifestações de repúdio e a rede de supermercados viu-se obrigada a publicar nota informando que repudia veementemente qualquer tipo de maus-tratos”.

Atualmente, abandono e maus-tratos a animais são considerados pela lei como crimes de menor potencial ofensivo, com pena de três meses a um ano. Penalidade que pode ser revertida em trabalhos sociais, por exemplo.

Pelo texto de Randolfe, os estabelecimentos comerciais que concorrerem para a prática de maus tratos, direta ou indiretamente – por omissão ou negligência – serão multados de um a mil salários mínimos. Esses valores serão aplicados em entidades de recuperação, reabilitação e assistência de animais.

“É relevante também que se punam, pelo bolso, os estabelecimentos que concorrem para a prática medievalesca de maus-tratos a animais, atacando aquilo que é mais caro a essas empresas: o seu patrimônio”, argumentou o senador.

Fonte: Agência Brasil

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões

A Mega-Sena sorteia hoje (12) o prêmio de R$ 36 milhões. O concurso 2.106 será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte, estacionado no Parque das Nações na cidade de Criciúma, em Santa Catarina.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio principal seja aplicado na poupança renderia mais de R$ 133 mil por mês. O dinheiro também é suficiente para comprar 15 apartamentos de luxo, com carro na garagem.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) desta quarta-feira, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A posta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Mega da Virada

A 10ª edição do concurso especial da Mega da Virada tem um prêmio estimado em R$ 200 milhões. O sorteio será realizado no dia 31 de dezembro. As apostas começaram a ser feitas no dia 05 de novembro.

Segundo a Caixa, o dinheiro do prêmio principal, investido na poupança, renderia cerca de R$ 743 mil mensais. A Mega da Virada não acumula.

Fonte: Agência Brasil

Governo do Maranhão Antecipa a Segunda Parcela do 13° dos Servidores Públicos

A segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos do Estado do Maranhão vai ser paga nesta quarta-feira (12). No final de novembro, em rede social pessoal, o governador Flávio Dino já havia anunciado sobre a previsão de antecipação do décimo.

O pagamento da segunda parcela do 13º seria realizado no dia 15 de dezembro de 2018, conforme consta no Decreto nº 33.765, de 22 de janeiro de 2018, mas pôde ser antecipado por haver viabilidade financeira.

Contracheque

A versão digital do contracheque do 13º salário já está disponível no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ma.gov.br/portal), que também pode ser acessado por meio do aplicativo, compatível com sistemas operacionais Android e IOS. Para fazer login no Portal, é necessário possuir senha cadastrada.

Caso tenha perdido ou esquecido a sua senha, basta clicar no link “Esqueceu a Senha?”, localizado abaixo dos campos CPF e senha do Portal do Servidor, e seguir as instruções. Se a sua senha de acesso nunca foi gerada, clique no botão “Primeiro Acesso”.

A senha também pode ser cadastrada presencialmente na sala do Portal/Ouvidoria do Servidor (localizada no Anexo IV do Centro Administrativo do Estado, no Calhau) ou pelos telefones (98) 98789-8748 (Oi) e (98) 98331-8319 (Tim), devido à indisponibilidade temporária dos telefones fixos, causada por problemas técnicos. Atenção: o atendimento é realizado preferencialmente de forma presencial.

Fonte: Secom/ Governo do Maranhão

Preso homem que invadiu loja e abusou sexualmente de funcionária em São Luís

Divulgação/Polícia
Yago Menezes Marreiros será encaminhado nesta terça (11) para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís
Yago Menezes Marreiros será encaminhado nesta terça (11) para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís

A polícia prendeu na noite de segunda-feira (10) Yago Menezes Marreiros, de 26 anos, que invadiu uma loja e abusou sexualmente uma funcionária, no bairro Cohama, em São Luís. O ato criminoso aconteceu na manhã desta segunda.

Segundo Edmarine Chagas Costa, delegada titular da Delegacia Especial da Mulher, na capital, Yago Menezes estava escondido na residência de um conhecido situada no bairro Ipase quado foi surpreendido pela polícia. O

No local, os policiais encontraram uma quantidade de entorpecente. Além de Yago Menezes, a polícia também prendeu Ednaldo Silva, que também teria participado da ação criminosa na manhã de segunda.

Yago Menezes e Ednaldo Silva foram encaminhado nesta terça para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Yago Menezes Marreiros vai responder pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e por estupro.

Fonte: Por G1 MA

Presidente eleito, Jair Bolsonaro é diplomado pelo TSE

O Tribunal Superior Eleitoral diplomou nessa segunda-feira (10) o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e o vice, Hamilton Mourão.

Jair Bolsonaro chegou cedo na base aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. Estava acompanhado da mulher Michele, da filha Laura e do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Pouco antes do meio-dia, eles desembarcaram em Brasília.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, foi à capital federal para a cerimônia de diplomação no Tribunal Superior Eleitoral. A entrega do diploma oficializa o resultado da eleição e dá direito ao eleito de assumir o mandato.

A cerimônia começou às 16h30. Estavam presentes parentes de Bolsonaro, os presidentes da Câmara e do Senado, parlamentares, ministros do governo Temer, além de futuros ministros do presidente eleito. O ex-presidente Fernando Collor, atual senador pelo PTC de Alagoas, também acompanhou a solenidade.

O primeiro a ser diplomado foi o presidente eleito Jair Bolsonaro e depois o vice. Rosa Weber leu o texto dos diplomas:

“Pela vontade do povo brasileiro, expressa nas urnas em 28 de outubro de 2018, Jair Messias Bolsonaro, candidato pela coligação Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos – PSL/PRTB, foi eleito presidente da República Federativa do Brasil. Em testemunho deste fato, a Justiça Eleitoral expediu-lhe este diploma que o habilita à investidura no cargo perante o Congresso nacional em 1º de janeiro de 2019 nos termos da Constituição”.

Depois, o presidente eleito discursou. Jair Bolsonaro, que sofreu um atentado durante a campanha, iniciou o discurso agradecendo por estar vivo e elogiou a Justiça Eleitoral.

“Em primeiro lugar, eu quero agradecer a Deus por estar vivo e também agradecer a Deus por essa missão à frente do Executivo. Tenho certeza que ao lado dele venceremos os obstáculos. Parabenizo aqui a família da Justiça Eleitoral pelo extraordinário trabalho realizado nas eleições de outubro do corrente ano”.

Bolsonaro que, durante as eleições, chegou a questionar a segurança e a lisura das urnas eletrônicas, disse ter sido eleito em eleições justas.

“Trata-se do reconhecimento de que o povo escolheu os seus representantes em eleições livres e justas como determina a nossa Constituição. Não poderia estar mais honrado com a confiança do povo brasileiro. Essa vitória não é só minha. O caminho que me trouxe até aqui foi longo e nem sempre foi fácil. Durante a minha vida pública como militar, vereador e deputado federal sempre me pautei pela defesa dos valores da família, pelos interesses do Brasil e pela soberania nacional”.

O presidente eleito pediu a confiança de quem não votou nele e afirmou que vai governar para todos.

“Agradeço muito especialmente aos mais de 57 milhões de brasileiros que me honram com seu voto. Aos que não me apoiaram, peço sua confiança para construirmos juntos um futuro melhorar para o nosso país. A partir de 1º de janeiro, serei o presidente dos 210 milhões de brasileiros. Governarei em benefício de todos, sem distinção de origem social, raça, sexo, cor, idade ou religião. Com humildade, coragem e perseverança e tendo fé em Deus para iluminar minhas decisões, me dedicarei dia e noite ao objetivo que nos une: a construção de um Brasil próspero, justo, seguro e que ocupe o lugar que lhe cabe entre as grandes nações do mundo”.

Bolsonaro destacou que foi eleito graças a desejos de mudança e rechaçou práticas que, segundo ele, retardaram o progresso, como a corrupção.

“Os desejos de mudança foram expressos de forma clara nas eleições. A população quer paz e prosperidade, sem abdicar dos valores que caracterizam o povo brasileiro. Nossa gente é trabalhadora, constituída por homens e mulheres, por mães e pais que criam os seus filhos com suor e dedicação, tendo todos a esperança de uma vida digna. Gente que não mede esforços para obter sustento dos seus familiares, gente que precisa de um governo que garanta condições adequadas para desenvolver o seu potencial com liberdade e criatividade. A construção de uma nação mais justa e desenvolvida requer uma ruptura com práticas que historicamente retardaram o nosso progresso. Não mais a corrupção, não mais a violência, não mais as mentiras, não mais manipulação ideológica. Não mais submissão do nosso destino a interesses alheios. Não mais mediocridade complacente em detrimento do desenvolvimento”.

O presidente eleito disse que as novas tecnologias uniram o povo e os seus representantes. Bolsonaro falou em liberdade, respeito, diferenças e ideais.

“Vivenciamos um novo tempo. As eleições de outubro revelaram uma realidade distinta das práticas do passado. O poder popular não precisa mais de intermediação. As novas tecnologias permitiram uma relação direta entre o eleitor e seus representantes. Nesse novo ambiente, a crença na liberdade é a melhor garantia de respeito aos altos ideais que balizam nossa Constituição. Diferenças são inerentes a uma sociedade múltipla e complexa como a nossa, mas jamais devemos afastar dos ideais que nos unem, o amor à pátria e o compromisso com a construção de um presente de paz e de futuro mais próspero”.

No encerramento, a ministra Rosa Weber saudou o presidente eleito e o vice e pediu respeito aos direitos humanos, às diferenças.

“Em uma democracia, maioria e minoria, como protagonistas relevantes do processo decisório, hão de conviver sob a égide dos mecanismos constitucionais destinados à promoção do amplo debate, sem pré-compreensões estabelecidos e nos foros políticos e sociais adequados. Mais do que isso, a todos os cidadãos, sem qualquer exclusão, se assegura um núcleo essencial de direitos e garantias que não podem ser transgredidos nem ignorados pelas instâncias de poder nem pelas instituições da sociedade civil, pelo simples fato de não refletirem, em dado momento histórico, a vontade dos grupos majoritários. Vale insistir na asserção de que no princípio democrático, expressão princípio vital de nossa crença inabalável na autoridade da Constituição da República, reside não só na observância incondicional da supremacia da ordem jurídica, mas também no respeito às minorias, em especial aquelas estigmatizadas pela situação de vulnerabilidade em que injustamente se acham expostas”.

Rosa Weber lembrou que, logo após a eleição, o presidente eleito foi ao TSE e reafirmou compromisso com a Constituição.

“A democracia, não nos esqueçamos, repele a noção autoritária do pensamento único. É da essência mesma do regime democrático a convivência dos opostos, pois desta pluralidade resulta a realização de um dos princípios estruturantes do estado democrático de direito como o expressamente proclama a nossa Constituição. Inquestionável é que o estado brasileiro se encontra comprometido com a efetivação dos direitos humanos. Isso resulta claro não só dos deveres assumidos perante a comunidade internacional, mas sobretudo pelo que a própria Constituição, que vem de completar 30 anos, determina. Por isso, de inegável relevo, senhor presidente eleito, o compromisso de vossa excelência, reafirmado nesta Casa quando aqui esteve em visita, de que o respeito incondicional pela supremacia da Constituição será o Norte do seu governo, pois, em suas próprias palavras, a Constituição é o Norte da democracia”.

Capitão reformado do Exército, Jair Messias Bolsonaro, de 63 anos, será o 38º presidente da República. Bolsonaro foi deputado federal entre 1991 e 2018 e, durante toda a campanha eleitoral, afirmou que não era um candidato da “velha política”.

Bolsonaro receberá a faixa presidencial do presidente Michel Temer no dia 1º de janeiro. Os mandatos de Bolsonaro e Mourão vão até 31 de dezembro de 2022.

Fonte: G1

Jogadora Marta é homenageada na Calçada da Fama do Maracanã

Fernando Frazão/Agência Brasil
A jogadora de futebol Marta, eleita melhor do mundo seis vezes pela Fifa, é a primeira mulher a entrar para a Calçada da Fama do Maracanã
A jogadora de futebol Marta, eleita melhor do mundo seis vezes pela Fifa, é a primeira mulher a entrar para a Calçada da Fama do Maracanã

A jogadora de futebol Marta, seis vezes eleita a melhor do mundo pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), deixou a marca dos pés na Calçada da Fama, no Estádio Maracanã. A homenagem foi realizada nessa segunda-feira (10), com a presença de dezenas de jornalistas do Brasil e do exterior, além de vários fãs da atacante, que foram vê-la de perto. Após o evento, a atacante pediu mais apoio do próximo governo ao esporte brasileiro.

“A gente não pode só falar do futebol feminino. Temos que falar do esporte em geral. A gente tem atletas em várias modalidades com talento enorme e que passam por muitas dificuldades, principalmente de apoio, de opção de trabalho, de manter um padrão. Para quando chegarmos a uma Olimpíada, estarmos 100% preparados. Então eu peço, em nome do esporte brasileiro, que haja políticas de incentivo, principalmente nas escolas, para a gente poder, cada vez mais, representar o nosso país e inspirar as crianças a praticar o esporte”, disse.

Marta é a primeira jogadora de futebol a colocar os pés na Calçada da Fama, que fica exposta no Maracanã, com as marcas de jogadores famosos, como Pelé, Garrincha, Rivelino, Zico e Ghiggia, o atacante uruguaio que fez o Maracanã chorar em 1950, além de outros tantos craques que balançaram as redes no passado.

Ao ser perguntada sobre o seu futuro no futebol, Marta, que está com 32 anos, disse ainda não ter nada definido, mas que suas atividades terão a ver com o esporte.

“Eu me vejo envolvida no esporte, de alguma maneira. Não sei se vou conseguir daqui a cinco anos estar jogando como a Formiga [jogadora brasileira que está com 40 anos, ainda em atividade]. O meu pensamento é de estar junto, ajudando de alguma maneira o esporte”, disse Marta.

A atleta conquistou medalha de ouro nos pan-americanos de 2003 e 2007 e prata nas Olimpíadas de 2004 e 2008. Segundo os dados disponíveis, pois muitos registros da seleção feminina se perderam no tempo, ela marcou 117 gols pela seleção brasileira, mais do que Pelé, que tem 95 gols com a camisa da seleção.

Fonte: Agência Brasil

Homem invade missa, mata quatro e comete suicídio na Catedral de Campinas

Suspeito matou quatro pessoas e praticou suicídio, em Campinas – Foto: Reprodução/EPTV
Um homem matou quatro pessoas e deixou quatro feridas após invadir uma missa na Catedral Metropolitana, no Centro de Campinas (SP), na tarde desta terça-feira (11), segundo o Samu, Bombeiros e Polícia Militar. O suspeito pelos disparos na igreja cometeu suicídio em seguida.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o suspeito teria entrado na Catedral com uma pistola e um revólver calibre 38, e se matado em frente ao altar após os crimes.

A PM chegou a falar que o atirador havia matado cinco pessoas, mas depois corrigiu a informação.

O que já se sabe sobre o ocorrido:

* Um homem armado invadiu a Catedral, por volta das 13h;

* Uma missa havia começado por volta das 12h15;

* Ele matou quatro pessoas, deixou quatro feridos e cometeu suicídio na sequência;

* A motivação do crime não foi esclarecida pela polícia;

* Os feridos foram levados ao Mário Gatti e Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp – o estado de saúde de cada um deles não foi divulgado;

* O delegado do 1º Distrito Policial, Hamilton Caviola Filho, viu imagens do circuito de segurança dentro da igreja no momento da ação. Ele estima pelo menos 20 disparos.

“Ele usou uma arma, mas estava com duas. Motivação a gente só vai saber quando a gente identificar, para saber o histórico dele. Por enquanto, eu estou me reportando às imagens. Ele [atirador] parou, pensou e executou o plano que tinha na cabeça […] Ele se matou, mas o policial deve ter alvejado ele porque estava com um tiro na costela, depois desse tiro ele caiu e se matou”, destaca.

Homem matou fiéis dentro da Catedral de Campinas – Foto: DENNY CESARE/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
“A maioria idosos, pessoas inocentes, e ele [suspeito] acabou disparando contra todas essas pessoas. A cena é desesperadora, uma tragédia muito grande”, diz o guarda Alexande Moraes.

Os mortos não foram identificados e a polícia investiga a motivação do crime. A princípio, a informação recebida pela EPTV é de que houve um assalto antes, mas autoridades negaram.

“As vítimas não foram identificadas ainda. Socorremos quem poderia ser socorrido e investimos em quem nós achamos que poderia retornar do quadro grave […] Não temos informação sobre motivação e sobre quem são as vítimas”, explica o bombeiro Alexandre Monteiro.

Homem invade missa, mata cinco e comete suicídio na Catedral de Campinas – Foto: Igor Estrella/ G1

Crime ocorreu na tarde desta terça-feira, em Campinas – Foto: Johnny Inselsperger / EPTV
Equipes do Samu e dos Bombeiros foram enviadas ao local, por volta das 13h20, para atender aos feridos. A informação inicial é de que uma mulher de 65 anos, com lesões na região da cervical, foi socorrida ao Hospital Mário Gatti, mas está fora de risco; e para a mesma unidade foi encaminhado um homem, de 84, que foi atingido nas regiões do tórax e abdômen e passará por cirurgia.

Uma mulher, de 40 anos, foi levada ao Hospital de Clínicas da Unicamp, e não há informações sobre para qual unidade a quarta pessoa ferida foi levada. O entorno da Catedral está isolado e câmeras de monitoramento da CinCamp registraram a movimentação na área.

Multidão na frente da Catedral, em Campinas – Foto: Fernando Evans / G1

Vítimas são atendidas pelo Samu e Bombeiros, na Catedral – Foto: Johnny Inselsperger / EPTV
Arquidiocese se manifesta
Em rede social, a Arquidiocese de Campinas lamentou a tragédia nesta terça-feira.

Prefeitura se manifesta
Em nota, a administração municipal informou que está mobilizada para atendimetnos e o prefeito, , Jonas Donizette (PSB), ficou “estarrecido com o brutal crime e dedica suas orações às vítimas e famílias”.

Fonte: G1

 

SEMA participa de planejamento do Projeto Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas

A Secretaria de Estados do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) participou, em Brasília, da oficina de Planejamento do Projeto Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas – GEF MAR. Na ocasião, foi alinhado e concluído o planejamento do GEF MAR referente ao período 2019-2020, de forma a garantir o alcance das metas do projeto.

Na oportunidade, o Ministério do Meio Ambiente comunicou que será lançado um mecanismo financeiro para garantir a continuidade das ações do Projeto. “A ideia é conservar a biodiversidade desses ambientes, ampliando o número de Unidades de Conservação (UCs) que fazem parte dele, além de realizar mecanismos financeiros para a sua sustentabilidade em longo prazo”, explicou a Superintendente de Biodiversidades e Áreas Protegidas da SEMA, Janaína Dantas.

A contribuição inicial de recursos será de R$ 9 milhões de dólares, outros R$ 60 milhões serão direcionados à iniciativa pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), por meio de Compensação Ambiental Federal. A coordenação do projeto é do Departamento de Áreas Protegidas do Ministério do Meio Ambiente e a execução é do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio).

Projeto do Governo Federal, o GEF MAR foi criado e executado em parceria com instituições privadas e da sociedade civil para promover a conservação da biodiversidade marinha e costeira e a redução da perda de sua biodiversidade. Integra diferentes categorias de (UCs) e outras medidas de proteção baseadas em área, sob diferentes estratégias de gestão.

Ao todo, são 17 Unidades de Conservação (11 federais e seis estaduais), localizadas em nove estados (Maranhão, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba e Pernambuco), e sete centros de pesquisa.

Por Rafaela Moreira / Ascom SEMA

Aprovada isenção de IPVA para motos de até 110 cilindradas

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou nessa quarta-feira (5) o Projeto de Lei encaminhado pelo Governo do Estado para combater os efeitos da crise econômica que atinge o Brasil há mais de quatro anos e vem tendo forte impacto em todos os Estados.

Agora, a proposta vai para a sanção do governador Flávio Dino.

Entre as medidas, está a isenção do IPVA para motos de até 110 cilindradas. Até agora, esse benefício só valia para veículos de até 50 cilindradas. A mudança ajuda grande número de pessoas que compram Biz, Pop e similares.

Mais de 75 mil motoristas deixarão de pagar o imposto. Além disso, a multa por atraso cai de 30% para 20%.

Muitos maranhenses usam esses veículos como instrumento de trabalho. Ou seja, além de estimular o consumo, a medida também incentiva a geração de renda e trabalho.

Fonte: Secom/ Governo do Maranhão

Impostômetro bate R$ 2,2 trilhões pela primeira vez, diz associação comercial

Os brasileiros já pagaram R$ 2,2 trilhões em impostos este ano. O valor foi atingido na manhã desta quinta-feira (6), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

É a primeira vez que o “Impostômetro”, instalado em 2005, atinge a marca. O valor corresponde ao total arrecadado por União, estados e municípios na forma de impostos, taxas e contribuições.

Até o final do ano, a estimativa é que a arrecadação total chegue a R$ 2,388 trilhões – um aumento nominal de 8,98% em relação a 2017, quando o total arrecadado ficou em R$ 2,172 trilhões. Descontada a inflação, a alta foi de 5,55%.

Segundo Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), o crescimento do bolo tributário de um ano para outro reflete o reaquecimento da economia brasileira e a melhora do consumo após a crise, mesmo que em ritmo lento.

“Apesar de ter mais dinheiro nos cofres públicos, os serviços para a população brasileira ― segurança, saúde, educação ― não melhoram, o que transparece que o Estado precisa se ajustar pelo lado dos gastos, gerenciando-os melhor”, afirma em nota.

O Impostômetro
O impostômetro foi criado em 2005 e informa o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, os estados e os municípios.

O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro (www.impostometro.com.br). Na ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando com tributos e também saber o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado.

Fonte: Por G1