Blog do Walison - Em Tempo Real

Geladeiras devem exibir hoje nova etiqueta de eficiência energética

A partir de hoje (1º), todos os refrigeradores que chegarem ao comércio brasileiro, fabricados nacionalmente ou importados, devem exibir a nova Etiqueta de Conservação de Energia Elétrica (Ence) do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A nova etiqueta traz três subclasses, indicando diferença de consumo de até 30% entre os produtos mais eficientes. Além disso, introduz um QR Code que, no primeiro momento, vai remeter o consumidor ao status do registro do refrigerador, “se ele está ativo, inativo, suspenso ou cancelado”.

Segundo o chefe da Divisão de Verificação e Estudos Técnicos Científicos (Divet) do instituto, Hércules Souza, “na verdade, tem que estar sempre ativo. Significa dizer que aquele refrigerador atende os requisitos estabelecidos no regulamento e tem liberação aprovada pelo Inmetro para ser comercializado no mercado nacional”.

Hércules Sousa esclareceu que inicialmente, o QR Code vai fazer apenas o link com a página de registro, e o próprio consumidor poderá conferir o status do registro daquele refrigerador. Essa é a novidade que o Inmetro está implementando agora com a nova etiqueta. O chefe da Divet adiantou, entretanto, que existe um projeto em paralelo para dar robustez maior a esse QR Code.

Neste mês, o Inmetro vai contratar empresa que criará uma plataforma, em que não será gerada somente informação do status do registro da geladeira, mas também associará vídeos informativos para a utilização inteligente de refrigeradores, com dicas para o consumidor ficar atento e obter utilização eficiente do produto. Souza informou que o consumidor, a partir do QR Code, vai ser capaz também de acessar uma espécie de calculadora de gastos, para ter ideia do consumo e do valor monetário que terá na sua conta de energia pelo uso de um refrigerador mais econômico, em comparação a um aparelho menos eficiente.

Comparação

“Vai ser possível, usando os valores de cobrança de energia elétrica da região, definir de maneira mais qualificada financeiramente essa informação. E ele (o consumidor) poderá fazer outra coisa, que é comparar refrigeradores da mesma categoria em termos de volume. Ele poderá ainda dizer qual deles é o mais econômico, tem maior eficiência em termos energéticos e também monetários”. Segundo o técnico do Inmetro, a ideia é criar uma ferramenta a fim de promover ainda mais subsídios para a tomada de decisões do consumidor, usando a etiqueta de eficiência nacional de conservação de energia. A previsão é que a plataforma-piloto esteja pronta para ser testada até o fim deste ano. Os condicionadores de ar serão o segundo produto a ganhar QR Code na etiqueta. 

A nova etiqueta para geladeiras introduz as subclasses A+++, A++ e A+ para classificar os modelos que consomem, respectivamente, menos 30%, 20% e 10% de energia do que o tradicional “A”. Com isso, o Inmetro pretende destacar para o consumidor qual o produto que realmente gasta menos energia e incentivar que a indústria adote novas tecnologias em seus produtos, para que se tornem mais eficientes. O comércio varejista tem prazo até 30 de junho de 2023 para continuar vendendo os produtos com a etiqueta antiga. “A gente espera, inclusive, que isso aconteça muito antes da data limite”.

Sousa disse ainda que muitos produtos foram etiquetados na lógica antiga e têm que continuar sendo fornecidos para o consumidor. Ele admitiu, porém, que já podem ser encontrados no mercado produtos com a nova etiqueta. “Muitos produtos já foram etiquetados. Ficou muito a cargo do próprio fabricante ou importador fazer essa mudança. Alguns já se anteciparam à data de 30 de junho de 2022 porque, a partir de 1º de julho, todos os refrigeradores têm que estar etiquetados na nova formatação, mas você poderá ainda encontrar essa convivência da etiqueta antiga com a nova porque, de fato, ele já pode ter escoado a produção para o comércio e não tem como trazer de volta para etiquetar de novo. Seria um duplo trabalho, e a gente não pode impor ao ente regulado”.

O consumidor deve estar atento para conviver com a etiqueta antiga, que fornece apenas a informação de categoria A. As subclasses inseridas agora qualificam melhor esse grupo de geladeiras que se encontra na categoria A. Caberá ao consumidor entrar em contato com o fabricante para tentar entender em que categoria, nessa nova etiquetagem, o refrigerador pode ser considerado. “A gente espera que 100% já estejam com a nova etiqueta, bem antes da data limite de 30 de junho de 2023’. O Inmetro estima que sejam poucos os fabricantes e importadores que ainda não tenham feito a mudança. “Porque interessa também a eles mostrar que o produto dele está em categoria de maior eficiência do que o A, que acabava englobando tudo, sem fazer diferenciação”.

Corrida

Souza reconheceu que haverá uma “guerra” entre os fabricantes para mostrar que o produto deles está no subgrupo A+++ e, portanto, supera os demais. “A etiqueta tem esse papel também de promover a busca por uma eficiência maior. Aí, os fabricantes acabam fazendo essa corrida para oferecer um produto de maior eficiência e, com isso, menor gasto energético, incentivado por uma indústria que adote novas tecnologias em seus produtos para tornar, nesse caso, refrigeradores, de fato mais eficientes. Essa é a ideia mesmo. A gente está provocando essa corrida contra o tempo, para o mercado oferecer refrigerador mais eficiente para o consumidor na ponta”.

O chefe da Divet destacou que o Inmetro conta com a ajuda do consumidor para agir contra fabricantes e importadores que não cumpram o prazo e mantenham geladeiras com etiqueta antiga após 30 de junho de 2023. “A gente pede ao consumidor que, iao dentificar esse problema, entre nos canais do Inmetro. A Ouvidoria é o caminho para fazer denúncias. Se ele encontrou no ponto de venda um produto que não está dentro da nova etiquetagem, a gente vai lá fiscalizar e autuar a empresa responsável por isso”. Souza assegurou que essa é uma prática irregular e mostra que o fabricante ou importador não está cumprindo as regras do regulamento. A parceria com o consumidor ajuda o Inmetro a coibir essa prática. A empresa pode ser autuada, ter o produto recolhido do mercado, além de sofrer multa, cujo valor é determinado de acordo com graus de dosimetria internos aplicados pelo Inmetro.

O Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) para refrigeradores foi atualizado em 2021, por meio da Portaria nº 332, que estabeleceu novas regras para a classificação da eficiência energética dos produtos, por meio da adoção de subclasses para que o consumidor possa identificar quais os modelos de fato mais eficientes dentro da classe A. Foram determinadas mais duas reclassificações, uma em 2025 e outra em 2030, em que o rigor para a classificação da eficiência energética vai aumentando gradativamente.  Por: Agência Brasil

Inscrições para o 2º processo seletivo de 2022 do Sisu terminam hoje

Terminam nesta sexta-feira (1º) as inscrições para o segundo processo seletivo de 2022 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A consulta para as vagas neste segundo processo seletivo teve início no dia 15, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. Para acessá-lo, clique aqui.

Por meio da consulta, é possível visualizar as vagas ofertadas por modalidade de concorrência, cursos e turnos, instituições e localização dos cursos. Também é possível acessar a íntegra do documento de adesão de cada uma das instituições que aderiram ao Sisu.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção.

Exigência

Para participar do Sisu será exigido do candidato que tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2021, obtido nota superior a zero na prova de redação e não tenha participado do Enem na condição de treineiro.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 6 de julho. A matrícula ou registro acadêmico devem ser feitos de 13 a 18 de julho. Já o prazo para os interessados manifestarem interesse em participar da lista de espera será de 6 a 18 de julho.

Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicados no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida na edição mais recente do Enem, que, nesta edição, será a de 2021.

Por: Agência Brasil

ROSEANA REAFIRMA QUE TENDÊNCIA É APOIAR CARLOS BRANDÃO

Durante entrevista realizada na manhã desta quinta-feira (30) à Rádio Mirante AM, a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (MDB), disse acreditar que existe uma tendência ‘muito forte’ de seu partido decidir apoiar a candidatura do governador Carlos Brandão (PSB), que também é pré-candidato ao Governo nestas eleições.

Isso ainda não está decidido, isso será definido nas próximas reuniões que iremos fazer. Claro que todos os candidatos são bons candidatos, a gente acompanha tudo isso, mas tenho que acompanhar o que o partido vai decidir”, comentou a ex-governadora, que também é a presidente da sigla no Maranhão. Segundo ela, reuniões serão feitas durante a próxima semana para discutir esse tipo de direcionamento.

Roseana Sarney, totalmente recuperada da Covid-19, também falou sobre as eleições presidenciais deste ano, a polarização do debate político no país e a festança junina no Maranhão.

A ex-governadora também defendeu a participação de mais mulheres na política brasileira e ressaltou a importância do retorno do São João para o Maranhão.

Clique aqui e ouça a entrevista completa.

Fonte: Jorge Aragão

SISU: IFMA Caxias oferta vagas para cursos de Ciência e Tecnologia de Alimentos e Matemática

Na terça-feira, 21, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) publicou o Edital da Chamada Regular do Processo Seletivo para acesso aos cursos presenciais através da segunda edição do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). O SiSU é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC), no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2021. Entre os requisitos, ele deve ter obtido nota na redação maior que zero e não ter participado na condição de treineiro.

[Clique e confira o edital completo]

O prazo de inscrições vai de 28 de junho a 1º de julho, no site do SISU. O resultado deverá ser divulgado no dia 6 de julho, com as matrículas dos aprovados em primeira chamada ocorrendo no período de 13 a 18 do mesmo mês. Os candidatos que não forem aprovados nesta primeira chamada poderão se inscrever na lista de espera – de onde serão convocados os candidatos caso haja vagas remanescentes após o período de matrículas regulares.

Estão sendo ofertadas 390 vagas em seis campi: Barra do Corda, Barreirinhas, Buriticupu, Caxias, São José de Ribamar e São Luís – Monte Castelo. O Campus Caxias oferta 40 vagas no curso Ciência e Tecnologia de Alimentos (tarde/noite) e 40 no curso de Matemática (tarde/noite). Saiba mais sobre os cursos de graduação oferecidos pelo Campus Caxias acessando a página “Nossos Cursos”.

Sistemas de cotas

De acordo com a Lei nº 12.711/2012, 50% das vagas de cada curso serão reservadas aos estudantes que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas. Metade dessa cota é destinada aos candidatos que tenham renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita e a outra metade a candidatos que estejam em qualquer faixa de renda familiar. Em cada um desses grupos, há subdivisões que contemplam estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas e pessoas com deficiência.

Além desses 50%, o IFMA também reserva 9 vagas para candidatos com deficiência – independente da escola de origem, cor ou renda familiar.

Cronograma

Período de inscrições – 28 de junho a 1º de julho

* Resultado da chamada regular – 6 de julho

* Matrículas da chamada regular – 13 a 18 de julho

* Prazo para participar da Lista de Espera – 6 a 18 de julho

* Convocação dos candidatos na Lista de Espera – a partir de 25 de julho

Para mais informações, acesse a página do IFMA ou site do SiSU.Por: Ascom/ IFMA 

Criminosos armados atacam e explodem carro-forte no Maranhão

Na manhã dessa quarta-feira (29), criminosos armados atacaram e explodiram um carro-forte no povoado Piratininga, na zona rural de Bacabal, município localizado a 245 km de São Luís.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Jair Paiva, os criminosos atiraram no carro-forte e ordenaram que os seguranças descessem do veículo. Em seguida, os bandidos explodiram o carro-forte e fugiram com o dinheiro.

O valor roubado não foi revelado e não houve registro de pessoas feridas. Ainda na manhã do crime, os policiais encontraram uma caminhonete queimada na região.

O superintendente de Investigações Criminais, delegado Augusto Barros, disse que a equipe do Departamento de Combate a Roubo a Instituições Financeiras (Decrif) já foi encaminhada para a região para investigar o caso.Por: G1 MA

Receita paga hoje restituições do segundo lote do IR 2022

A Receita Federal paga nesta quinta-feira (30) as restituições do segundo lote do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2022. O lote também contemplará restituições de anos anteriores.

Ao todo, 4.250.448 contribuintes receberão R$ 6,3 bilhões. Desse total, 2.776.808?são contribuintes não prioritários que entregaram declarações de exercícios anteriores até 19 de março deste ano.

O restante tem prioridade legal, sendo 87.401 idosos acima de 80 anos; 675.495?entre 60 e 79?anos; 48.913?contribuintes?com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 661.831?contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Inicialmente prevista para terminar em 29 de abril, o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física foi adiado para 31 de maio, a fim de diminuir os efeitos da pandemia de covid-19 que pudessem prejudicar o envio, como atraso na obtenção de comprovantes. Apesar do adiamento, o calendário original de restituição foi mantido, com cinco lotes a serem pagos entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês.

Como consultar

A consulta pode ser feita na página da Receita Federal na internet. Basta o contribuinte clicar no campo Meu Imposto de Renda e, em seguida, Consultar Restituição. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

Quem não está na lista pode consultar o extrato da declaração para verificar eventuais pendências. Nesse caso, o contribuinte deverá entrar na página do Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC) e verificar se há inconsistências de dados. Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A restituição fica disponível no banco durante um ano. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento da Receita por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.Por: Agência Brasil 

Feira de Ciência, Sustentabilidade e Inovação se torna maior evento de fomento à pesquisa escolar do Maranhão

Pesquisas científicas, projetos e experimentos voltados à sustentabilidade, inovação e robótica, desenvolvidos por estudantes e professores de ensino médio das redes públicas de ensino do Maranhão, foram o destaque da Feira de Ciências, Sustentabilidade e Inovação, promovida pelo Governo do Estado em seis polos regionais na terça-feira (28). Milhares de estudantes, professores e profissionais da educação levaram ao evento o resultado daquilo que é trabalhado nos espaços escolares. 

“Apostar na juventude, na capacidade desse trabalho coletivo: é só assim que vamos conseguir superar as nossas dificuldades. Uma mente disciplinada para o estudo e para o trabalho, uma mente que traz coisas boas para o nosso dia a dia, uma mente criadora, ver antigos problemas com novos olhos. Isso é uma aposta para o futuro que o governo do Maranhão faz, e tem que ser um compromisso de todos, não só do Estado, das famílias, e de todo mundo”, apontou o governador em exercício, Paulo Velten.  

“A Feira entrou definitivamente para a história e para o calendário de eventos importantes do Governo do Maranhão. Foi o maior em termos de fomento à pesquisa escolar. O sentimento é que estamos no caminho certo, com crença na educação como mola propulsora do desenvolvimento científico, tecnológico, e de confiança na escola pública como aquela que vai contribuir para o desenvolvimento do Maranhão. As equipes escolares apresentaram trabalhos muito qualificados. Ver estudantes de ensino médio fazendo isso nos enche de orgulho e de esperança de que o futuro haverá de ser melhor”, enfatizou a secretária de Estado da Educação, Leuzinete Pereira da Silva, durante a premiação das equipes.

O evento científico escolar premiou os três primeiros lugares (escolas, professores e estudantes), em duas categorias: Experimentação Científica e Sustentabilidade; e Inovação, Tecnologia e Robótica. 

Em São Luís, a festa de ciência aconteceu no Convento das Mercês, que recebeu milhares de estudantes e professores. Na capital, concorreram trabalhos das regionais de São Luís, Rosário, Itapecuru e Chapadinha. Conquistaram os primeiros lugares os trabalhos: “Horta Escolar: Promoção da Educação Ambiental, Sócio Ocupacional e Desenvolvimento Sustentável na Produção de Hortaliças”, do IEMA Pleno Bacabeira (Regional Rosário), categoria experimentação científica; e na categoria robótica e inovação, “Desenvolvimento de um chatbot para atendimento e acolhimento dos estudantes do Ensino Médio pós-pandemia”, produção do IEMA Gonçalves Dias.

“É muito emocionante estar aqui. O sentimento é de gratidão. Saber que estamos formando cidadãos conscientes para um futuro ultra urbanizado, porque as cidades crescem muito e precisam de mais alimentos. A gente quer levar esse projeto para crianças do primário, nossos alunos passando para eles o que é um futuro sustentável”, destacou Paulo Alexandre, professor de Agroecologia do IEMA Bacabeira.

“A gente imaginava que iria ganhar, porque nosso trabalho vai além da tecnologia; envolve a saúde emocional das pessoas. A gente uniu informática com a vocação da nossa escola, que é técnico na área de saúde, por isso acredito que foi a forma ideal para conseguir isso”, disse Antônio Felipe, da 2ª série do ensino médio do IEMA Gonçalves Dias, em São Luís, que ganhou o primeiro lugar na categoria robótica.

Em Colinas, a Feira aconteceu na Praça Dias Carneiros/Praça Henrique Leite – Centro e recebeu um grande público que, além de visitar os estandes e conhecer um pouco dos projetos dos estudantes, também pôde apreciar uma apresentação do Robozão.

Na Categoria Experimentação Científica, houve sorteio, pois três equipes ficaram empatadas com a pontuação máxima. Após o sorteio, o resultado final foi o seguinte: 1º lugar ficou o Projeto “CEMAIT Sustentável e Ecológico: oficina de produção de sabão artesanal”, do Centro Educa Mais Ana Isabel Tavares, escola do município de Dom Pedro; em 2º lugar, ficou o Centro Educa Mais Antônio Reinaldo Porto, de Passagem Franca, que defendeu o projeto “Elaboração de um Isotônico à base de frutas típicas do Médio Sertão Maranhense”; e na terceira colocação, ficou o Centro Educa Mais Estado do Maranhão, da cidade de Tuntum, que apresentou o projeto “Construção de Carneiro Hidráulico em PVC para áreas rurais sem água encanada e otimização da sua utilização”.

Já na categoria Inovação, Tecnologia e Robótica, os vencedores foram: em 1° lugar, o Centro Educa Mais Deputado Remy Soares, de Presidente Dutra, com o Projeto Aquaponia e Robótica: tecnologia e sustentabilidade a favor do Ensino Interdisciplinar; em 2º colocado, o Centro de Ensino Isa Raposo Borba Guimarães, da cidade de Mirador, com o projeto “Embalagem comestível à base de mesocarpo do coco babaçu”; e na 3ª colocação, ficou o Centro Educa Mais Maria José Macedo Costa, de Colinas, que apresentou o projeto “Ensino por investigação: um jogo didático como ferramenta auxiliar no estudo de vírus e bactérias”.

Já em Pinheiro, na Baixada Maranhense, o Centro Educa Mais Dom Ungarelli foi tomado por um clima de alegria, entusiasmo e empolgação. Mais de 2 mil pessoas da região visitaram a feira, atraídas pelos 51 projetos expostos por cerca de 500 estudantes, professores e gestores escolares. Os estudantes não pouparam criatividade, dedicação e desejo de fazer a diferença. Somaram esforços, vestiram a camisa do protagonismo e fizeram a feira acontecer de forma espetacular. 

As equipes investiram energia em soluções para melhorar a qualidade de vida das pessoas e suas relações com o meio. Foi o projeto “Primo Par”, desenvolvido por estudantes do Centro Educa Mais José Mariano Muniz, de Santa Luzia, que conquistou o 1º lugar na categoria Inovação, Tecnologia e Robótica. O projeto é um jogo de tabuleiro que estimula os estudantes a desvendarem o enigma do “Números Primos” e aprenderem de forma dinâmica e divertida. Em breve, o “Primo Par” vai virar jogo de aplicativo. 

“É tão gratificante, até para quem não ganhou o prêmio, porque a gente sabe como foi essa experiência, de podermos mostrar os nossos projetos. Foi um esforço de todos os estudantes para desenvolverem seus trabalhos. Já quero voltar no próximo ano, obviamente, para ganhar”, disse Antônio Cauê Silva Sousa, cheio de entusiasmo e felicidade. 

Na categoria Sustentabilidade, a equipe campeã foi do Centro Educa Mais Dom Ungarelli, da cidade de Pinheiro, com o projeto “Horta Magnética”, com o uso de eletroímãs que potencializam o desenvolvimento de hortaliças, melhorando o processo de absorção de nutrientes como potássio, fósforo e ferro. Os estudantes dedicaram o prêmio à professora de Geografia, Itacirene de Sousa, orientadora do projeto e que perdeu o pai na véspera da feira.

“Foi muito gratificante porque, mesmo com as dificuldades, nós conseguimos desenvolver um projeto de uma maneira que a gente possa ajudar tanto a nossa escola, quanto a comunidade em volta dela. E essa vitória nós dedicamos à nossa professora Itacirene, que tanto nos ajudou e agora não pôde estar com a gente. Obrigada por tudo, professora”, disse emocionado o estudante João Samuel Sousa Carvalho. 

A Unidade Regional de Ensino (URE) de Santa Inês levou o maior número de prêmios: quatro no total. Na categoria robótica, os 1º e o 3º lugares para projetos do Centro Educa Mais José Mariano Muniz, da cidade de Santa Luzia e o 2º lugar para o IEMA Pleno Pindaré-Mirim. Além do 2º Lugar para o Centro Educa Mais Poeta Antônio José, na categoria Sustentabilidade. 

Imperatriz

Uma festa linda tomou conta da região Tocantina, com a participação da comunidade estudantil que reuniu mais de 2 mil pessoas no Centro de Convenções, em Imperatriz, com uma programação diversificada que foi desde a apresentações culturais das escolas, passando pelos trabalhos nos estandes, ao Robozão, uma atração que animou estudantes e visitantes da Feira. 

Por lá, o Centro de Ensino Nova Vitória, de Imperatriz, foi o 1º lugar na categoria Experimentação, com o projeto “A Educação Ambiental como ferramenta para a construção científica e socioeducativa no CE Nova Vitória”. Já na categoria Robótica, o 1º lugar foi o Centro de Ensino Prof. Antônio Carlos Beckman, de Açailândia, com “Composteira para produção de adubo orgânico para aplicação em hortaliças”.      

Em parceria com a UEMASUL, os premiados receberam menção honrosa e credenciais para viagens e participação em competições nacionais e internacionais. O 1º lugar de Experimentação Científica e Sustentabilidade ganhou credencial para a Genyus Olimpyad New York nos Estados unidos, em junho de 2023. Já o 1º lugar de Inovação, Tecnologia e Robótica ganhou credencial para a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), em março de 2023.

O 2º lugar de Experimentação Científica e Sustentabilidade e o 2º lugar de Inovação, Tecnologia e Robótica ganharam credencial para a Infomatrix Brasil, em Florianópolis, em setembro deste ano, bem como os terceiros lugares de cada categoria. Outros quatro projetos também ganharam menção honrosa e credencial para a Infomatrix Brasil.

Caxias

Em Caxias, o trabalho premiado em 1º lugar na categoria Experimentação veio da Educação do Campo, com o tema “A compostagem como alternativa para uma produção agroecológica e sustentável”, desenvolvido por uma equipe do Centro de Educação do Campo Roseli Nunes, de Lagoa Grande do Maranhão, da regional de Pedreiras. Na categoria Robótica, houve empate e o projeto “Carro inteligente com detecção de obstáculos”, do Centro Educa Mais Hermano José Leopoldino Filho, em Coroatá, conquistou o 1º lugar, conforme critério de desempate, maior nota em criatividade.

Balsas

Em Balsas, sul do Maranhão, conquistaram o 1º lugar o “Contador de pessoas automatizado como facilitador no controle do consumo diário de suprimentos”, do Centro Educa Mais Amaral Raposo, de Grajaú, categoria Robótica; e o “Uso de Foguetes Pet como incentivo à pesquisa”, do Centro de Ensino Iris Bulgarelli, de Carolina, na categoria Experimentação Científica. 

A Feira

A Feira foi idealizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), com parceria das Secretarias de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e da Juventude (Sejuv) e da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fapema) e o IEMA. Conta, ainda, com a participação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA).  

Cerca de 400 propostas e experiências científicas escolares foram avaliadas por uma comissão julgadora composta por pesquisadores e cientistas de Instituição de Ensino Superior e da Fapema. 

“Fico muito feliz por ter participado desse evento e ver que nossos alunos têm um bom desempenho. Eles são bem atenciosos, inovadores. Como avaliador, não poderia dar uma nota inferior a 10. Se houvesse uma nota superior, daria até mil. Espero que possamos participar mais vezes. Foi excelente os trabalhos apresentados, temos muitos jovens com excelentes projetos que podem sim serem levados à frente de outros eventos em nível nacional”, concluiu o professor avaliador Georfran Costa Moreira Lima.Por: Secom

As Homenagens do dia são para Pedro de Oxum que está Aniversariando

Pode ser uma imagem de 2 pessoas, pessoas em pé, monumento e ao ar livre

As homenagens do dia são para o amigo Pedro de Oxum que está sendo presenteado por Deus com o dom da vida, um dia de festa e de agradecimento pela saúde, por todas as conquistas, pelas amizades construídas com o passar dos tempos e em especial por todo o amor dedicado ao próximo nessa trajetória aqui nesse asteroide chamado Terra.

O www.blogdowalison.com.br parabeniza o autêntico Pedro de Oxum pelo seu aniversário e deseja toda sorte do mundo, muita saúde, paz de espírito e amor no coração hoje e sempre.

Enade 2022 será aplicado no dia 27 de novembro

Enade 2014

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) marcou para 27 de novembro a aplicação das provas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. 

Enade 2022 avaliará os estudantes concludentes de cursos de bacharelado e superiores de tecnologia vinculados ao ano três do ciclo avaliativo do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Os coordenadores de cursos deverão inscrever os estudantes no período de 6 de julho a 31 de agosto, no Sistema Enade.Além de fazer a prova, o participantes terão que responder ao Questionário do Estudante. 

O Enade 2022 avaliará cursos de 26 áreas de graduação, por meio do desempenho dos estudantes. No grau acadêmico bacharelado, serão avaliados os cursos de administração, administração pública, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social (jornalismo), comunicação social (publicidade e propaganda), direito, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo, serviço social, teologia e turismo.

Também serão avaliados os cursos superiores de tecnologia em comércio exterior, design de interiores, design gráfico, design de moda, gastronomia, gestão comercial, gestão da qualidade, gestão pública, gestão de recursos humanos, gestão financeira, logística, marketing e processos gerenciais.

A inscrição no exame é obrigatória para estudantes ingressantes e concluintes habilitados de cursos de bacharelado e superiores de tecnologia ligados às áreas de avaliação da edição. 

Aplicado desde 2004, o Enade avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de bacharelado e superiores de tecnologia em relação às diretrizes curriculares, bem como o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias à formação geral e profissional e o nível de atualização dos estudantes em relação à realidade brasileira e mundial.

Os resultados do Enade são usados para o cálculo dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior e subsidiam decisões de gestores educacionais, escolhas de estudantes, além de políticas públicas de regulação, supervisão, financiamento e aperfeiçoamento da qualidade da educação superior.

Por: Aline Leal Agência Brasil

Combustíveis: STF tenta novo acordo entre União e estados sobre ICMS

O ministro Gilmar Mendes promoveu hoje (28) uma audiência de conciliação na tentativa de fechar um acordo entre União, estados e Distrito Federal acerca da cobrança do Imposto sobre Circulação de Bens e Serviços (ICMS) dos combustíveis.

Na reunião, realizada por videoconferência, os estados e o DF fizeram uma proposta com quatro pontos para tentar um acordo com a União, que se comprometeu a estudar e responder até o fim desta quarta-feira (29).

O encontro aconteceu no âmbito de uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) aberta pela União para obrigar estados e DF a limitarem suas alíquotas de ICMS sobre combustíveis, conforme regras aprovadas pelo Congresso e sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Entre as propostas, está que o cálculo do ICMS sobre o diesel esteja vinculado a uma média de cobrança nos últimos 60 meses. Outro ponto defendido por governadores é que a cobrança do imposto sobre operações de fornecimento de combustíveis passe a ser maior do que o cobrado sobre as demais operações de bens e serviços a partir de 2024.

Os governadores propuseram ainda que a alíquota geral de ICMS não esteja vinculada à essencialidade dos combustíveis, conforme prevê a Lei Complementar 192/2022, recém-sancionada. Por último, foi proposta a retirada de duas tarifas específicas do cálculo do ICMS sobre os combustíveis, tema que se encontra em discussão no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

“Iniciados os trabalhos e proposta a conciliação entre as partes, a mesma restou infrutífera, por ora. Todos os entes federativos puderam expressar-se, por meio de seus representantes, e ficou acertado que as partes se manifestariam no prazo de até 24 (vinte e quatro) horas. Todos saíram devidamente intimados”, diz o Termo de Audiência sobre o teor da reunião.

Uma outra tentativa de conciliação sobre a cobrança do ICMS sobre combustíveis já havia sido tentada pelo ministro do Supremo André Mendonça, porém sem sucesso. O caso tratava da unificação das alíquotas praticadas pelos estados e o DF.

Relator de uma outra ADI sobre o assunto, Mendonça acabou por atender em parte os pedidos da União e conceder uma liminar para unificar a cobrança de ICMS sobre combustíveis a partir de 1° de julho.

Nesta terça-feira (28), 12 governadores abriram uma nova ADI sobre o tema, dessa vez pedindo a inconstitucionalidade da LC 192/2022. Na peça inicial, eles argumentam que a redução do ICMS como proposto pelo governo federal é “inexequível”, por se tratar da principal fonte de arrecadação dos estados e do DF.

Ministros do governo têm defendido as medidas que vêm sendo adotadas para tentar reduzir os preços dos combustíveis, que reafirmam ser um problema global.

Edição: Aline Leal Agência Brasil