Blog do Walison - Em Tempo Real

Em Codó Estudante Toma Posse Como Prefeita em Alusão ao Dia da Menina

Na manhã desta sexta-feira (10) a estudante Késia silva e Silva, de 16 anos, foi empossada prefeita de Codó. O ato simbólico foi em alusão ao Dia Internacional da Menina comemorado no dia 11 de outubro. A estudante participou de uma sessão solene na Câmara Municipal e logo depois foi ao gabinete do prefeito de Codó, Francisco Nagib, receber a faixa de prefeito. É a primeira menina codoense empossada prefeita, representando todas as meninas codoenses. O momento teve como objetivo principal reafirmar os direitos das crianças e das meninas em todo município.

Estavam presentes na ocasião o prefeito de Codó, Francisco Nagib, o presidente da Câmara Municipal, vereador Expedito Carneiro, o diretor da Plan Internacional em Codó, Anselmo Costa e vereadores. “É um ato de extrema significância e um momento único e histórico para o município. Recebemos essa idéia da Plan de braços abertos, pois entendemos que expressar os direitos das crianças e das meninas. O ato simboliza a necessidade das meninas terem cada vez mais espaço. E aqui estamos com a Késia, que representa as meninas codoenses neste dia especial”, comentou o presidente da Câmara, Expedito Carneiro.

Este ato, embora simbólico, representa o compromisso dos governos em relação as políticas públicas para o empoderamento e igualdade de oportunidades para as meninas. A menina prefeita estará encaminhando um portfólio de ações e medidas, com cartas de meninas das comunidades e espaços onde acontecem ações, para o prefeito saber das demandas”, explicou o gerente da Plan, Anselmo Costa.

Para o prefeito Francisco Nagib, a posse de Késia representa a posição da administração municipal em assegurar políticas públicas em relação aos direitos das crianças e das meninas em particular. “São iniciativas como esta da Plan que o governo tem que apoiar e valorizar sempre, na busca de mecanismos para assegurar todos os direitos das meninas e seu espaço na sociedade como crianças. Precisamos unir forças para combater qualquer tipo de violação aos direitos das meninas e conscientizar toda a sociedade em respeitar essa causa”.

Ascom – PMC

Categoria: Uncategorized

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*