Blog do Walison - Em Tempo Real

Condutores de turismo da Raposa recebem qualificação

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), desenvolveu o projeto ‘Mais Qualificação e Turismo’ com a finalidade de preparar a comunidade dos polos turísticos para melhor receber os visitantes.

O curso de ‘Informações Turísticas’ com agentes condutores do turismo, atendentes do Centro de Atendimento aos Turistas (CAT’s) e técnicos da Secretaria Municipal de Raposa, começou um city tour para os participantes do curso. A parte prática tece início na Praça Benedito Leite, no Centro, passando pela Igreja da Sé, Palácios de La Ravarière e dos Leões, Capitania dos Portos, principais museus da cidade e ruas do Centro Histórico marcando o encerramento do curso, nesta segunda-feira (15). O treinamento teve início na sexta-feira (12), e foi ministrado pela equipe da Superintendência de Qualificação Profissional da Setur com o apoio dos gestores municipais da Raposa.

A capacitação integra as ações colocadas em prática pela gestão do governador Flávio Dino com o objetivo de fomentar o turismo no Maranhão. De acordo com o secretário do Turismo, Catulé Junior, é necessário valorizar e qualificar os profissionais que atuam no setor. “A intenção é incentivar e valorizar os profissionais que atuam no setor, para que eles estejam cada vez mais capacitados a atender nossos turistas. Na semana que vem vamos oferecer cursos para 180 motoristas de aplicativo de mobilidade urbana”, destacou o secretário.


City tour na capital maranhense. (Foto: Divulgação).

Os alunos que participam dos cursos de qualificação recebem após o término dos mesmos, um certificado com carga horária de 4h. “A qualificação é importante, pois existe muito falta de informação no meio turístico. Percebemos que há dificuldades dos condutores em relação a sistematizar as informações da região e de outros pólos turísticos do Maranhão. Os turistas que chegam no município, querem, também, saber sobre São Luís, Lençóis, Chapadas das Mesas, o Delta”, ressaltou Fernando Campelo,superintendente do projeto ‘Mais Qualificação e Turismo’ da Setur.

Kerliane de Moraes, moradora da Raposa e condutora de turismo há três anos, disse que o curso é muito dinâmico, e que pode absorver o conteúdo de forma simples, além de ajudar a melhorar no desenvolvimento do turismo da Raposa. “Aprendi no curso que um bom atendimento pode cativar o turista e fazer com que ele volte. O treinamento me ajudou a obter mais informações e ter mais firmeza do que estamos falando. Também nos esclareceu sobre diversos destinos, pois a maioria dos turistas pergunta sobre outros polos. Com o curso, tivemos informações sobre os 10 principais polos turísticos do Maranhão”, afirmou.

Para o secretário municipal da Raposa, Edison Duarte, o treinamento e a qualificação são bases a serem trabalhadas no turismo do município “A qualificação é importante, pois o condutor se sente mais seguro em repassar as informações para o turista que chega ao município querendo conhecer a cidade. A parceria com a Setur ajudará a desenvolver o potencial turístico da região”, ressaltou o secretário.

‘Mais Qualificação e Turismo’ 

O processo de capacitação envolve cursos como Informações Turísticas, Boas Práticas para Manipulação de Alimentos, Como montar um negócio (cama e café), Mídias Sociais, Organização de Eventos, Projetos de Turismo em Gestão Pública, Qualidade no Atendimento, Qualidade no Atendimento em Bares e Restaurantes, Qualidade no atendimento para condutores de passeios, Técnicas de Arrumação para Camareira, Técnicas para recepcionista de eventos e Técnicas para Recepção de Meios de Hospedagem. Por SECOM

Tribunal de Justiça do Maranhão anuncia concurso público previsto para 2019

Tribunal de Justiça do Maranhão — Foto: Divulgação/CNJ
Tribunal de Justiça do Maranhão — Foto: Divulgação/CNJ

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) aprovou na segunda-feira (15) resolução sobre o regulamento do Concurso Público para provimento de cargos efetivos de servidores do Poder Judiciário estadual. A previsão é que aconteça ainda em 2019.

O edital com detalhes e as datas do concurso ainda serão publicados no Diário da Justiça e nos sites do Tribunal e da instituição que executará o certame. Dentre várias informações, o edital terá:

  • Número de vagas a serem oferecidas em cada cargo ou indicação de que se trata de formação de cadastro de reserva
  • Atribuições dos cargos
  • Requisitos básicos para a investidura
  • Jornada de trabalho
  • Remuneração inicial
  • Critérios de avaliação e de classificação
  • Disciplinas e conteúdos
  • Critérios de aprovação e da pontuação das provas

A princípio, o Tribunal de Justiça adiantou que as inscrições serão realizadas apenas pela internet, por meio do site da instituição contratada e terão prazo mínimo de 15 dias. O concurso poderá ser realizado em etapa única ou em etapas distintas, mediante a aplicação de provas, de caráter eliminatório e/ou classificatório, em que serão avaliados conhecimentos gerais e específicos sobre as disciplinas e conteúdos constantes do edital.

As provas para aferição de conhecimentos gerais serão objetivas, e as de conhecimentos específicos poderão ser objetivas e/ou discursivas. A prova sobr conhecimentos específicos abordará tema atual e poderá versar sobre tema relacionado à área de atividade ou à especialidade do cargo. Além dessas provas, será aplicada prova de títulos de caráter classificatório.

Candidato com deficiência 

O candidato com deficiência terá 5% do total de vagas de cada cargo oferecido no edital ou das que surgirem no prazo de validade do concurso, que será de um ano, prorrogável por igual período, a critério do TJMA, contado da data da publicação oficial do ato homologatório do resultado final.

O candidato com deficiência aprovado no concurso será submetido à perícia médica, a ser realizada pela instituição promotora do certame.

Candidatos negros  

Serão reservadas 20% do total de vagas de cada cargo oferecido ou das que surgirem no prazo de validade do concurso para as pessoas negras. Para concorrer, o candidato deverá se autodeclarar, no momento da inscrição no concurso público, de acordo com os critérios de raça e cor utilizados pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os candidatos que se autodeclararam negros serão submetidos, obrigatoriamente antes da homologação do resultado final do concurso, ao procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros, apresentando-se à comissão avaliadora, nos termos do edital.

Aprovação e classificação final 

Os candidatos habilitados serão nomeados por ordem de classificação por cargo e especialidade. Antes da nomeação, o candidato deverá submeter-se a exame de saúde perante a junta Médica do Tribunal de Justiça, que requisitará os exames necessários para formação do laudo.

No ato da posse, o candidato que não apresentar a documentação exigida será automaticamente eliminado do concurso. Entre os documentos exigidos no regulamento para a posse estão:

  • Comprovação da idade mínima de 18 anos
  • Comprovação de escolaridade exigida para o cargo
  • Prova de quitação com obrigações eleitorais
  • Prova de quitação com obrigações militares (apenas para candidatos do sexo masculino)
  • Prova do registro profissional, quando exigido para o cargo

O candidato terá ainda que apresentar certidões criminais negativas fornecidas pelas Justiças Estadual, Eleitoral e Federal de 1º e 2º Graus, além de certidões negativas do Tribunal de Contas da União e do Tribunal de Contas do Estado, todas elas das localidades onde residiu nos últimos dez anos. Por G1 – MA

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano

Real-Moeda Nacional

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.040 para 2020, o que representa alta de 4,2% em relação ao atual (R$ 998). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), apresentado ontem (15) pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

Até este ano, o mínimo era corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores. Como a lei que definia a fórmula deixará de vigorar em 2020, o governo optou por apresentar uma estimativa que reajusta o mínimo apenas pelo INPC.

Segundo o projeto da LDO, cada aumento de R$ 1 no mínimo terá impacto de R$ 298,2 milhões no Orçamento de 2020. A maior parte desse efeito vem dos benefícios da Previdência Social de um salário mínimo.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta. O valor do salário mínimo pode subir ou cair em relação à proposta original durante a tramitação do Orçamento, caso as expectativas de inflação mudem nos próximos meses.

Por: Agência Brasil

Criação da UemaLeste volta a ser discutida na Assembleia

Criação da UemaLeste volta a ser discutida na Assembleia

Em discurso na semana passada, o deputado Adelmo Soares (PCdoB) levou para a Casa Legislativa o debate sobre a implantação da UemaLeste na cidade de Caxias. Proposta que já vem sendo debatida há alguns anos e agora ganha novos reforços, ao ser tratada como bandeira em prol da regionalização do ensino superior.

De acordo com o parlamentar, outros estados brasileiros já têm instituídos Universidades e Centros de Ensino Superiores em regiões plurais, de forma a atender às demandas locais, numa proposta de ampliar o leque de investimentos em Educação, Pesquisa e Extensão, eixos prioritários dentro do ensino superior, de modo a contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região.

“Bem sabemos que o acesso ao ensino superior precisa ser ampliado em nosso Estado. No nosso país, ainda são inúmeros os entraves. Entretanto, podemos perceber que nos estados das regiões Sul e Sudeste, a regionalização do ensino superior já vem sendo tratada há alguns anos, o que resulta em maiores avanços não somente no número de pesquisas acadêmicas, mas, sobretudo, na oferta de cursos de graduação, mestrado e doutorado. O Nordeste não pode ficar atrás destes grandes centros. O Maranhão, sobretudo, é uma região plural e diversa, devido aos seus 217 municípios, e o ensino precisa refletir esta pluralidade”, afirmou o deputado Adelmo Soares.

Outro ponto abordado pelo parlamentar diz respeito ao fato de que estados do Nordeste, como Paraíba, Ceará, Piauí e Pernambuco investiram na regionalização da educação universitária, o que ajuda no desenvolvimento dos municípios. “São inúmeros os campi e universidades que existem dentro desses estados, e um dos grandes resultados é, sobretudo, para a economia dos municípios. As “cidades universitárias” são um ganho para o Estado e para uma maior independência aos cofres municipais”.

Clamando por apoio dos parlamentares da região leste maranhense para que seja consolidada uma Frente Parlamentar para acompanhar as discussões do projeto que beneficiará cidades como Caxias, Coelho Neto, Codó e Timon, o deputado chamou a atenção de Arnaldo Melo (MDB), ex-governador do Maranhão e deputado estadual.

Para Arnaldo Melo (MDB), é preciso compreender que tanto a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), quanto a Universidade Federal Maranhão (UFMA) já estão com “maior idade”. “A necessidade de instituirmos um campus completo para a região (leste) é algo relevante para a nossa sociedade. É a forma de dar apoio à região e entender a sua expressão dentro do Estado. O Maranhão está crescendo, a juventude está crescendo e nós precisamos levar as faculdades ao encontro dos jovens, ao encontro das pessoas”, afirmou o parlamentar.

Agora, o deputado Adelmo Soares (PCdoB) deverá entrar com requerimento nos próximos dias para tratar da questão e solicitar a formação da Frente Parlamentar em prol da Criação da UemaLeste, que já contará com a subscrição de Arnaldo Melo (MDB), entre outros membros da Casa, como é o que caso dos deputados Cleide Coutinho (PDT) e Zé Gentil (PR). Por Assecom

Grave Acidente deixa um Morto no Km 17, em Codó

No início da manhã de domingo, 14 de abril de 2019, na altura do km 466 da BR-316, em cima da ponte do posto fiscal do Km 17, município de Codó, leste maranhense, um grave acidente envolvendo uma carreta cegonha resultou na morte do condutor do veículo, que faleceu em decorrência do incêndio gerado a partir da colisão da carreta com a defensa da ponte.

As primeiras informações dão conta que, por volta das 6h da manhã, o veículo se aproximou da curva e da ponte desenvolvendo velocidade alta para o local. O motorista não conseguiu equilibrar a cegonha, que colidiu o cavalo e a lateral da carreta na ponte dando “L” e pegando fogo rapidamente. O cavalo ficou pendurado na ponte, sendo sustentado pelo peso da carreta, que transportava apenas um veículo. As chamas consumiram rapidamente a combinação de veículos, inclusive, o automóvel transportado pela carreta.

Uma equipe da PRF de Peritoró atendeu a ocorrência, sendo acionado também uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar, que apagou o fogo e esfriou a carreta.

O trânsito não foi interrompido, vez que a carreta ocupa apenas parte de uma das faixas.

As informações são preliminares. A qualquer momento novas atualizações. O local é de difícil comunicação, praticamente sem internet ou sinal de celular. As equipes continuam no local.

Fonte: PRF

Governo e cooperação internacional planejam desenvolver turismo em Santo Amaro


Reunião entre Setur e LAPASSION (Foto: Divulgação)

Estudantes do projeto LAPASSION (Latin America Practices and Soft Skills for an Innovation Oriented Network) estiveram na Secretaria de Estado do Turismo (Setur) na tarde dessa sexta-feira (12) para conversar sobre os trabalhos de inovação na área do turismo que serão desenvolvidos para melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em São Luís e Santo Amaro.

A iniciativa faz parte do programa Erasmus+ para intercâmbio de boas práticas que envolve parceiros de Portugal, Finlândia, Espanha, Brasil, Uruguai e Chile e tem o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) como instituição anfitriã.

O secretário da Setur, Catulé Junior, esteve presente no lançamento do programa ocorrido no final de março e ressaltou que “um dos aspectos dessa cooperação internacional é combater à extrema pobreza. E o turismo, como política geradora de renda e empregos, contribui com a economia local, por isso temos focado na qualificação de pessoas e serviços turísticos, inclusive ações de apoio à roteirização”, reforçou o gestor.

Santo Amaro faz parte do Polo turístico Lençóis, que é um polo indutor de desenvolvimento e tem recebido uma atenção especial do Governo. O secretário adjunto do Turismo, Hugo Paiva Veiga, explanou sobre ações e projetos que o turismo estadual vem realizando para fomentar a atividade local.

“Os estudantes nos pediram um recorte do município de Santo Amaro e pudemos explanar como o turismo vem impactando positivamente a economia local. Destacamos as qualificações, a promoção turística e as políticas públicas ligadas à cadeia produtiva do artesanato”, explicou o adjunto.

Criado pelo Governo do Estado, em dezembro de 2015, o Programa Artesanato do Maranhão tem a finalidade de fortalecer e fomentar o desenvolvimento do artesanato maranhense de forma integrada com o turismo, visando a melhoria das condições de vida do artesão e preservando os aspectos culturais e ambientais do Estado.


Reunião entre Governo e LAPASSION aconteceu

na sede da Setur (Foto: Divulgação)

“O Programa trabalha com três principais eixos que é a identificação e cadastro de artesãos, capacitação e acesso a mercados. Em Santo Amaro, já identificamos a produção, a origem do artesanato, categorizamos os trabalhos manuais no qual se destacam a produção de chapéus, vassouras e redes da palha da carnaúba”, explicou Viviane de Jesus, superintendente do artesanato no Maranhão, órgão ligado a Setur.

Os alunos terão reunião com artesãos no Ceprama no final do mês de abril para contribuir com o desenvolvimento do artesanato regional.

As atividades do LAPASSION começaram com um grupo de 44 estudantes de diversos cursos de graduação do IFMA, além de outros Institutos Federais e universidades internacionais. Entre as problemáticas que eles buscam solucionar estão o desenvolvimento do turismo local, a potabilidade da água e o combate à violência contra a mulher.

Governo entrega quadra em Complexo Poliesportivo no Barreto

Neste sábado (13), a comunidade do Barreto esteve em festa. Concluída, a Quadra Poliesportiva do Complexo Canhoteiro foi entregue ao bairro pelo governador do Maranhão, Flávio Dino.

A estrutura foi totalmente revitalizada. Foram investidos R$ 897.419,91 pela Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. A obra é apenas uma das entregues e executadas em todo o estado.

“Nós temos hoje em São Luís e em outras cidades do Maranhão, dezenas de equipamentos como esse e vamos continuar esse trabalho porque acreditamos muito que esses equipamentos esportivos são fundamentais para que a sociedade viva bem”, afirmou o governador Flávio Dino.

“É ao mesmo tempo um incentivo à juventude, às crianças, à convivência comunitária, um equipamento de segurança pública, um equipamento de saúde”, completou o governador.

A líder comunitária Raimunda Batista, da Jordoa, também falou da entrega de obras para a comunidade.

“Essa revitalização estamos pedindo há muito tempo, estávamos precisando de um espaço assim e no ano passado o governador inaugurou algumas quadras aqui perto e, agora, novamente, está aqui entregando essa nova quadra reformada”, declarou.

A quadra

Executada em 180 dias de obras, a Quadra Poliesportiva do Complexo Canhoteiro recebeu limpeza, mobiliário, cobertura, arquibancadas, parquinho, bancos, academia ao ar livre, instalações elétricas e hidráulicas novas, além de paisagismo externo e restauração do piso.

“Não é apenas esta, outras serão revitalizadas, e são importantes para a inserção das crianças e jovens que tenham atividades saudáveis”,destacou o secretário da Sedel, Rogério Cafeteira.

Ascom

No Nepal Acidente com Avião Deixa Três Mortos.

nepal14

Um avião de pequeno porte derrapou enquanto decolava e colidiu com helicóptero que estava parado no aeroporto do Nepal, perto do monte Everest, na manhã deste domingo (14). Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas, de acordo com a Associated Press.

O avião decolava no aeroporto de Tenzing Hillary, em Lukla, com destino a Katmandu, a capital do país. A aeronave derrapou atingindo o helicóptero, afirmou Raj Kumar Chhetri, autoridade da aviação local.

Os mortos são o piloto do avião e dois policiais que estavam perto do helicóptero estacionado.

As companhias aéreas da Summit Air, proprietária do avião, e a Manang Air, dona do helicóptero, são especializas em transportar nepaleses e turistas para áreas remotas do país.

O aeroporto é considerado um dos mais perigosos do mundo por causa da pista curta e da localização difícil. Ele está situado a uma altitude de 2.845 metros. Apenas helicópteros e aeronaves de pequeno porte podem utilizar o terminal aéreo. Fonte G1