Blog do Walison - Em Tempo Real

Tramita na Câmara projeto que acaba com a revista íntima em presídios

revistaintima001

A cada semana, para visitar o filho preso, Ana, nome fictício utilizado para proteger sua identidade, passava por um ritual de constrangimento. “Você passava pela revista, tirava todas as roupas, a funcionária olhava, depois mandava você agachar três vezes de frente e de costas para mostrar que não estava levando nada”, relembra. Em alguns casos, ela conta que havia até o uso de espelhos para visualização de partes íntimas, além de outros procedimentos indignos.

A prática é formalmente chamada de revista íntima, mas ganhou a alcunha de revista vexatória pelo que significa para quem tem de passar por ela. Desde 2013, tramita no Congresso Nacional um projeto de lei que objetiva alterar a Lei de Execução Penal para determinar a extinção dessa prática. A proposta passou pelo Senado e, em 2014, foi remetida à Câmara dos Deputados, onde tramita como Projeto de Lei 7.764/2014. Na semana passada, ela foi aprovada na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

O projeto determina que a “revista pessoal deverá ocorrer mediante uso de equipamentos eletrônicos detectores de metais, aparelhos de raio-x ou aparelhos similares, ou ainda manualmente, preservando-se a integridade física, psicológica e moral da pessoa revistada e desde que não haja desnudamento, total ou parcial”. Também proíbe o uso de espelhos, esforços físicos repetitivos, bem como preserva a incolumidade corporal da pessoa revistada.

Para proteger as pessoas que precisam entrar nos presídios, fixa que “a revista manual será realizada por servidor habilitado e sempre do mesmo sexo da pessoa revistada, garantindo-se o respeito à dignidade humana”, deixando ao critério dessa pessoa a realização “em sala apropriada apartada do local da revista eletrônica e sem a presença de terceiros”.

A proposta, atualmente relatada pelo deputado João Campos (PRB-GO), também destaca que “a revista pessoal em crianças ou adolescentes deve garantir o respeito ao princípio da proteção integral da criança e do adolescente, sendo vedado realizar qualquer revista sem a presença e o acompanhamento de um responsável.”

Em relatório técnico sobre o projeto de lei, o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais aponta que a revista íntima contraria normas nacionais, inclusive a Constituição Federal, que determina que ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante e que são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, bem como tratados internacionais ratificados pelo Brasil. Entre eles, a Convenção Americana de Direitos Humanos, que determina que “toda pessoa tem direito a que se respeite sua integridade física, psíquica e moral” e que “a pena não pode passar da pessoa do delinquente”.

Além das violações de direitos associadas à prática, o instituto argumenta que a revista não é efetiva. “Deve-se ter em conta que os dados acerca da revista vexatória demonstram que apenas 0,013% dos objetos encontrados dentro do sistema prisional tiveram entrada via visitantes, o que demonstra, por si só, que a revista não é a principal forma de coibir a entrada de produtos ilegais, sendo este mais um argumento a demonstrar que não pode ser utilizada sob o pretexto de assegurar a segurança pública”, diz o texto do relatório.

A proposta encontra resistência por parte da categoria dos agentes penitenciários, que argumentam que a revista é necessária para evitar a entrada de armas, celulares e outros equipamentos vetados em presídios. Mas o próprio avanço tecnológico pode fazer com que a revista seja substituída por outras técnicas, segundo o secretário-geral do Sindicato dos Agentes Disciplinar Terceirizados da Bahia (Sindap-BA), Orlando Saraiva. Ele avalia que a situação é complexa. “Realmente, é muito frequente essa situação das esposas ou acompanhantes estarem escondendo algo onde não se possa ver, mas eu acho que deve ser excluído esse tipo de inspeção, porque hoje em dia tem o avanço [tecnológico]”, afirma.

Saraiva conta que trabalhou por muitos anos em uma unidade prisional na Bahia e que sentia constrangimento ao participar de revistas. “É muito constrangedor a gente ter que mandar um pai de família agachar. Pior ainda para as mulheres. As nossas colegas agentes sempre falam muito sobre isso”, diz. Para ele, a situação pode ser superada com o uso de detectores de metal nas unidades prisionais, garantindo simultaneamente os direitos dos visitantes e a segurança.

Atualmente, estados como Rio de Janeiro e São Paulo já proibiram a revista íntima por meio de leis locais. Também há recomendações da Defensoria Pública, como no Rio Grande do Norte, nesse sentido. No entanto, segundo a Associação de Amigos e Familiares de Presos (Amparar), a prática da revista íntima ainda é recorrente, inclusive em locais em que já há scanner.

Se o PL 7.764/2014 for aprovado, a regra passará a valer em todo o país. Para tanto, ainda é preciso passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.

Fonte: Agência Brasil

Avião do DJ Alok sai da pista em aeroporto de Juiz de Fora

alokjuizdefora001

Um avião que transportava o DJ Alok saiu da pista durante a decolagem na tarde desse domingo (20), no aeroporto de Juiz de Fora. Não houve feridos, e a assessoria do DJ disse que ele está bem.

DJ Alok fez um show com o cantor Luan Santana no sábado (19), em Lavras (MG), e estava a caminho de Belém, onde se apresentaria no festival Pump Sunset. Através de seu perfil no Twitter, Alok reafirmou que está tudo bem.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a aeronave Cessna modelo 560X, prefixo PR-AAA, pode transportar até nove passageiros. O avião pertence ao DJ e está em situação regular.

Fonte: Na Mira

No Piauí Suspeito de Assalto é Assassinado a Pauladas por Populares

suspeitoassaltopi001

Um crime bárbaro marcou a noite desse domingo (20), em Barras. Um rapaz identificado apenas como Naelson, foi assassinado por populares da pauladas, no bairro Pedrinhas, próximo à vacaria.

As primeiras informações dão conta de que Naelson assaltou um celular e foi perseguido por pessoas que estavam próximas ao local e que presenciaram o assalto. Os moradores teriam linchado o suspeito.

O rapaz foi encontrado momentos depois de ser morto à pauladas. A polícia está realizando investigações e ouvindo testemunhas para confirmar as circunstâncias do assassinato.

Vale lembrar que, linchamento é o assassinato cometido por uma multidão com o objetivo de punir um suposto transgressor.

Fonte: meio norte

‘Ninguém está acima da lei’, diz Moro em discurso nos EUA

moro

O juiz Sergio Moro afirmou neste domingo (20) na cerimônia de formatura da Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos, “que ninguém está acima da lei” e que esta é uma lição não só para o Brasil, “mas até para democracias maduras”.

“Nunca se esqueçam da pedra angular das nações democráticas, que é o estado de direito. Isso significa que todos têm igual proteção da lei. Isso significa que é preciso proteger os mais vulneráveis. Mas também significa que ninguém está acima da lei”, disse. “Essa é uma lição não só para o Brasil, mas até para democracias maduras”, emendou.

Moro foi o principal orador da cerimônia. Antes dele, a função foi exercida pelos então presidentes dos EUA George W. Bush (2001) e Barack Obama (2009) e pelo então secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan (2000), entre outros. Em 2017, o convidado foi o vice-presidente americano, Mike Pence.

Ao apresentar o juiz brasileiro, o presidente da Universidade, reverendo John I. Jenkins, lembrou que, no mês passado, o escritor peruano e prêmio Nobel da Paz Mario Vargas Llosa afirmou que escolheria Moro “sem vacilar um segundo” se precisasse eleger um brasileiro como exemplo para o mundo.

No discurso, pelo qual foi aplaudido de pé ao final, Sergio Moro falou sobre o trabalho na Operação Lava Jato, que disse “não tem sido fácil”.

Ele citou o número de condenados por lavagem de dinheiro e corrupção na Operação Lava Jato – 157, no total –, e lembrou, sem citar nomes, que entre eles há empresários das maiores construtoras brasileiras, além de políticos de alto escalão como um ex-governador (Sergio Cabral, do Rio de Janeiro), um ex-ministro da Fazenda (Antonio Palocci), um ex-presidente da Câmara (Eduardo Cunha) e “até mesmo um ex-presidente (Lula)”.

“Não tem sido um trabalho fácil. Velhos hábitos de corrupção sistência e impunidade são difíceis de derrotar”, disse, emendando há “ameaças, riscos e tentativas de difamação”, mas que apesar disso as investigações e julgamentos continuam.

Moro ainda classificou a corrupção no país como “vergonhosa”, mas destacou como positivo o endurecimento da lei sobre esses crimes.

“Eu não sei o que vai acontecer com o futuro do Brasil. Nós podemos sofrer revéses. Mas eu acredito que nós demos a nós mesmos ao menos uma chance de ter um país melhor”, afirmou.

Moro disse que o Brasil falhou em “impedir o abuso do poder público para ganhos privados” e que então a corrupção cresceu e se tornou “disseminada, endêmica ou mesmo sistêmica”.

O juiz diz ter sido influenciado por outros juízes, como o italiano Givoanni Falcone que condenou 344 membros da máfia da Scicília, organização criminosa que parecia “invencível”, nas palavras do juiz.

Disse também ter se inspirado na lei de combate à corrupção americana, elaborada por um ex-aluno da Universidade de Notre Dame, uma coincidência que chamou de “mundo pequeno”.

Moro citou semelhanças entre as histórias do Brasil e dos Estados Unidos, como o sofrimento com a escravidão no século 19 e o fato de ambos os países terem recebidos milhões de imigrantes de todo o mundo. E elencou diferenças, como a força economômica e a maturidade da democracia.

Ele destacou que a última ditadura no Brasil terminou em 1985 e que, “desde então, é possível dizer que, como vocês aqui, temos os mesmos sonhos de liberdade e equalidade”.

Honoris causa

Em outubro de 2017, Sergio Moro havia recebido o Notre Dame Awards, uma honraria concedida pela universidade a pessoas que são “pilares de consciência e integridade, cujas ações beneficiaram seus compatriotas”, segundo a instituição.

O prêmio existe desde 1992 e já foi entregue a pessoas como Madre Teresa de Calcutá, o ex-presidente norte-americano Jimmy Carter e o irlândes John Hume, agraciado com o Nobel da Paz em 1998.

Na ocasião, o presidente da Universidade de Notre Dame disse que o juiz está “engajado em nada menos que na preservação da integridade da nação com sua aplicação firme e não enviesada da lei”.Fonte: G1

Confira a Lista de Concursos em Aberto pelo Brasil.

O Brasil tem 27,7 milhões de pessoas mal aproveitadas no mercado de trabalho, segundo a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral). Para se recolocar no mercado ou conseguir melhores oportunidades, os concursos públicos podem ser uma boa alternativa.

Dentre as oportunidades, os candidatos que forem aprovados no concurso para o Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina podem ganhar salário de até R$ 6.156,63.

Veja as oportunidades selecionadas pelo R7:

Concurso para o Ministério Público de Alagoas

Vagas: 15
Níveis: médio e superior
Áreas: técnico, analista, assistência social, auditor, contador, engenheiro civil, psicólogo, biblioteconomista
Valor da inscrição: de R$ 80 a R$ 100
Salários: de R$ 2.576,29 a R$ 4.492,01
Prazo de inscrições: até 23 de maio de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para para Polícia Militar do Mato Grosso do Sul

Vagas: 438
Níveis: médio e superior
Áreas: soldado e oficial
Valor da inscrição: de R$ 127,60 a R$ 204,16
Salários: de R$ 1.698,90 a R$ 3.641,92
Prazo de inscrições: até dia 8 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Prefeitura de Manacapuru (AM)

Vagas: 983
Níveis: fundamental, médio, técnico e superior
Áreas: Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro, Merendeira, Vigilante, Copeiro, Maqueiro, Agente de Defesa Civil, Auxiliar de Administração, Auxiliar de Almoxarifado, Auxiliar de Patologia Clínicas, Auxiliar de Vigilância Epidemiológica, Artífice, Digitador, Eletricista, Entrevistador, Fiscal de Feira, Fiscal de Postura, Fiscal de Tributos, Fiscal de Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Motorista, Assistente de Administração, Microscopista, Multiplicador Ambiental, Técnico em Agropecuária, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem, Técnico em Informática, Técnico em Logística, Técnico em Patologia Clínica, Técnico em Radiologia Médica, Técnico em Saúde Bucal, Administrador, Analista Ambiental, Assistente Social, Auditor I, Bibliotecário, Biólogo, Biomédico, Cirurgião Dentista, Contador, Enfermeiro, Estatístico, Farmacêutico, Farmacêutico-Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Pedagogo, Psicólogo, Procurador do Município, Tecnólogo em Logística, Tecnólogo em Pesca, Terapeuta Ocupacional, Turismólogo, Zootecnista e Professor de várias modalidades
Valor da inscrição: de R$ 40 a R$ 90
Salários: de R$ 954 a R$ 6.000
Prazo de inscrições: até dia 9 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para o Ministério Público do Rio de Janeiro (estágio)

Vagas: 800
Nível: superior
Áreas: estágio forense
Valor da inscrição: R$ 55
Salário: R$ 950
Prazo de inscrições: até dia 11 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Polícia Civil de São Paulo

Vagas: 500
Nível: médio
Áreas: papilocopista e agente de telecomunicações
Valor da inscrição: R$ 56,54
Salário: R$ 3.589,86
Prazo de inscrições: até dia 1 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital (papilocopista e agente de telecomunicações).

Concurso dos Correios

Vagas: 4.983
Níveis: ensino fundamental e médio
Área: jovem aprendiz
Valor da inscrição: gratuito
Salários: R$ 448,46
Prazo de inscrições: até dia 29 de maio de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para o Departamento de Ensino da Aeronáutica

Vagas: 104
Nível: superior
Área: médico
Valor da inscrição: R$ 130
Salários: não informado
Prazo de inscrições: até dia 12 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para prefeitura de Macapá (AP)

Vagas: 445
Níveis: médio e superior
Áreas: médico, assistente social, enfermeiro, engenheiro, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo, terapeuta ocupacional, administrador, técnico em enfermagem, agente comunitário de saúde, entre outros
Valor da inscrição: de R$ 85 a R$ 140
Salários: de R$ 1.014 a R$ 4.000
Prazo de inscrições: até às 14h do dia 8 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e Juventude do Estado de Alagoas

Vagas: 135
Níveis: médio e superior
Áreas: coordenador de polo, agente recreativo e auxiliar de apoio administrativo
Valor da inscrição: não informado
Salários: de R$ 880 a R$ 2.400
Prazo de inscrições: até dia 22 de maio de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Prefeitura de Manacapuru

Vagas: 983
Níveis: fundamental, médio, técnico
Áreas: copeiro, coveiro, maqueiro, vigilante, assistente de administração, digitador, eletricista, fiscal de feira, fiscal de tributos, procurador, motorista escolar, dentista, enfermeiro, fisioterapeuta, psicólogo, professor, entre outros
Valor da inscrição: de R$ 40 a R$  90
Salários: de R$ 954 a R$ 6.000
Prazo de inscrições: até dia 28 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia

Vagas: 107
Níveis: médio e superior
Áreas: consultor legislativo, analista legislativo, assistente legislativo
Valor da inscrição: de R$ 75 a R$ 130
Salários: de R$ 3.898,11 a R$ 18.713,03
Prazo de inscrições: até dia 4 de julho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para o Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina

Vagas: 21
Níveis: médio e superior
Áreas: analista administrativo, administrativo judiciário, oficial da justiça e avaliador, arquiteto, engenheiro, enfermeiro, técnico judiciário auxiliar
Valor da inscrição: de R$ 68 a R$ 85
Salários: de R$ 3.576,54 a R$ 6.156,63
Prazo de inscrições: até dia 4 de julho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação do Goiás

Vagas: 343
Níveis: médio, técnico e superior
Áreas: professor e apoio administrativo
Valor da inscrição: de R$ 10 a R$ 15
Salários: de R$ 1.134,98 a R$ 1.753,31
Prazo de inscrições: até de 4 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Vagas: 62
Nível: superior
Áreas: não informado
Valor da inscrição: R$ 250
Salários:  não informados
Prazo de inscrições: até dia 15 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Marinha do Brasil

Vagas: 285
Nível: médio
Área: oficial
Valor da inscrição: R$ 65
Salários: não informado
Prazo de inscrições: até dia 8 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Concurso para Polícia Militar de Mato Grosso do Sul

Vagas: 388
Nível: médio
Áreas: oficial, oficial de saúde e soldado
Valor da inscrição: de R$ 127,60 a R$ 204,16
Salários: de R$ 1.698,90 a R$ 3.352,53
Prazo de inscrições: até às 16h do dia 8 de junho de 2018
Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Com 67,7% dos Votos Maduro é Reeleito em uma Eleição Bastante Questionada pela Oposição.

nicolas_maduro_reuters_marco_bello-direitos_reservados

Presidente da Venezuela desde 2013, Nicolás Maduro, de 55 anos, é reeleito para mais seis anos de mandato, em uma eleição duramente criticada pela oposição e com elevado índice de abstenção. De acordo com a imprensa oficial, ele obteve 67,7% dos votos, enquanto o segundo colocado Henri Falcón conseguiu 21,1%.

Oposicionistas dizem desconhecer os reais resultados das eleições,uma frente de oposição afirma categoricamente que houve um desrespeito com relação a um acordo que tinha sido feito entre as partes anteriormente, é preciso que se convoque em caráter de urgência um novo pleito eleitoral até porque o índice de abstenção nessas eleições foi superior a casa dos 70%, dessa forma não se pode saber na íntegra qual a vontade popular e quais os motivos de tamanha abstenção d votos.

Copa do Mundo: jogadores convocados começam a chegar à Granja Comary

28361860188_141e573e83_n

Os jogadores convocados para a Copa do Mundo Rússia 2018 começam a chegar hoje (21) no Centro de Treinamentos da Seleção Brasileira, na Granja Comary, em Teresópolis, região serrana fluminense. De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), são esperados para esta segunda-feira 17 dos 23 atletas convocados.

Quem primeiro chegou no CT da Seleção Brasileira foi a equipe da comissão técnica para já fazer os primeiros reconhecimentos e preparativos para recepcionar os astros da bola que estarão chegando durante todo o dia, a Seleção Brasileira que apresentou um bom desempenho das eliminatórias é considerada por muitos como uma das favoritas na competição, a garra e desenvoltura de Titi a frente da Seleção tem proporcionado um nível de confiança muito grande entre os torcedores brasileiros.

Africanos passaram cinco dias sem comer e brasileiros que estavam na embarcação são presos pela PF

africanos

O barco (Catamarã) passou 35 dias à deriva depois de uma ventania forte que causou avarias. Desde então, a única alimentação era um resto de biscoitos e ainda que havia na embarcação. Para os refugiados, a promessa de bos empregos no Brasil.

Dois brasileiros (cariocas) que guiavam os  passageiros, ficaram presos na Superintendência da PF, em São Luís, e os 25 africanos estão alojados no Ginásio Costa Rodrigues, até que seja decidida amanhã a deportação.

Confira a nota abaixo da Superintendência da PF local:

NOTA

A Superintendência de Polícia Federal no Maranhão informa que desde ontem (19) vem realizando esforços conjuntos com o Governo do Estado do Maranhão e a Marinha do Brasil, para receber um grupo de 27 pessoas (25 estrangeiros e 2 brasileiros) resgatadas por um barco pesqueiro na costa do estado.

Preliminarmente apurou-se que os estrangeiros são oriundos da África, possivelmente de cinco nacionalidades: Senegal, Nigéria, Guiné, Serra Leoa e Cabo Verde, e desembarcaram no Cais do município de São José de Ribamar na madrugada de domingo (20), onde receberam alimentação, assistências médica, psicológica e social.

A Polícia Federal prendeu em flagrante os dois brasileiros que acompanhavam o grupo e instaurou inquérito policial para apurar possível prática de tráfico internacional de pessoas praticado contra os estrangeiros resgatados.

A PF também avalia a situação jurídica dos mesmos no país e à partir de amanhã, segunda-feira (21), iniciará os procedimentos de controle migratório.

Comunicação Social PF/MA

Plano Estadual de Educação Ambiental é lançado durante III Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente

imagem_1526672837

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), realizaram nos dias 17 e 18 de maio, a III Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente. A programação proporcionou oficinas, dinâmicas, apresentações sobre as experiências de Educação Ambiental das Redes Comunitária e Municipal de Educação dos Municípios – de Caxias, Buriticupu, Timon, São Luís; da BNCC e Proposta das Diretrizes Curriculares Estaduais para Educação Ambiental – Conselho Estadual de Educação/MA – Conselho Estadual de Educação – CEE/MA; dos projetos de ação aprovados pela Comissão Organizadora Estadual da V Conferência. Além disso, foi lançado o Plano Estadual de Educação Ambiental.

A Superintendente de Educação Ambiental da SEMA, Conceição Marques, destacou a importância do evento e do Plano Estadual de Educação Ambiental nas escolas da rede pública de ensino e demais projetos. “Este evento é fundamental, pois é a formação dos cidadãos ecológicos; É importante que alunos do ensino fundamental e médio comecem a compreender a importância dos recursos naturais, eles conseguem passar mais facilmente para os pais. Aqui eles estão criando projetos e construindo ideias, isso é a criação de uma postura, de um novo cidadão para o futuro”, disse a gestora.

Ainda de acordo com a superintendente, a parceria entre SEMA e SEDUC tem sido importante, pois leva a toda rede pública de ensino a educação ambiental. “Hoje estamos muito felizes pela SEMA, pois estamos entregando à comunidade escolar o Plano Estadual de Educação Ambiental, que é o instrumento balizador da política pública do meio ambiente”, destacou ela.

A Conferência

A III Conferência faz parte da etapa estadual preparatória para a V Conferência Infantil Juvenil pelo Meio Ambiente, que é promovida pelos Ministérios da Educação e do Meio Ambiente, e neste ano tem como tema: ‘Vamos Cuidar do Brasil, Cuidando das Águas’.

Tayla dos Santos, 14 anos, aluna da U.I Santa Catarina Labore, município de Caxias, falou com entusiasmo sobre o evento: “Este é um evento único, em minha opinião, pois todos nós vamos aprender a cuidar do nosso planeta através da preservação do Meio Ambiente”.

Já André Felipe, 13 anos, U.I Duque de Caxias, São Luís, disse que espera representar o Estado a nível nacional, uma vez que nessa etapa estadual acontece a eleição do Projeto de Ação e a apresentação da delegação que representará o Maranhão na V Conferência Infantil Juvenil pelo Meio Ambiente, que acontece no período de 15 a 19 de junho de 2018.

Ascom

Tempo gasto em computadores afeta bem-estar de jovens, diz pesquisa

tempogastojovens001

Ficar em frente a telas para navegar na internet, acessar redes sociais ou jogar videogame tem impacto negativo no bem-estar de adolescentes. A tese é de uma pesquisa conduzida por três acadêmicos das universidades da Georgia e de San Diego, nos Estados Unidos, publicada neste ano. Os investigadores analisaram dados de um levantamento anual feito no país com respostas de mais de 1 milhão de meninos e meninas.

Os pesquisadores observaram os índices de bem-estar, entendido como uma sensação a partir de diversos critérios, e identificaram uma queda brusca, desde 2012, em aspectos como autoestima, satisfação com a vida e felicidade. O estudo revelou também redução no sentimento de satisfação como um todo, menos entusiasmo dos jovens na relação com amigos e na diversão e queda da sensação de segurança.

Ao buscar as causas da redução, chegaram à conclusão que quanto maior o uso de computadores e dispositivos eletrônicos, menor o bem-estar relatado pelos adolescentes entrevistados. Aqueles que usam meios eletrônicos por seis horas ou mais tiveram índices de infelicidade quase o dobro da média.

As atividades de maior impacto negativo foram: navegar na internet, jogar videogame e acessar redes sociais. Os adolescentes que gastam muito tempo em redes sociais apresentaram índice 68% maior de infelicidade. O efeito negativo sobre o bem-estar foi maior entre os adolescentes de menor idade do que entre os mais próximos da vida adulta.

Já aqueles jovens que passam menos tempo em frente a telas e que realizam outras atividades se disseram mais felizes. Entre as atividades relacionadas estão estudos, passeios, prática de esportes e interações sociais presenciais com a família, amigos e conhecidos.

“A combinação de interações sociais presenciais menores (que estimulam o bem-estar) e o uso de comunicações eletrônicas mais constante (que impactam negativamente o bem-estar) podem ser duas causas possíveis e relacionadas do declínio do bem-estar psicológico”, afirmaram os autores no estudo.

Um dos fatores que estimularam o maior consumo de serviços eletrônicos, na avaliação dos autores é a disseminação de smartphones. Segundo o estudo, a presença de smartphones entre adolescentes pulou de 37% em 2012 para 73% em 2015. Além disso, o tempo crescente que os jovens gastam no uso de dispositivos eletrônicos tem impacto na qualidade do sono e pode, acrescentam os autores, levar ao vício.

Fonte: Agência Brasil