Blog do Walison - Em Tempo Real

SEMA: assina ordem de serviço Parque Estadual do Sítio do Rangedor

SEMA assina ordem de serviço para a construção do Complexo Ambiental do Parque Estadual do Sítio do Rangedor

Nesta sexta-feira (22.09), o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho, juntamente com o governador Flávio Dino e a Empresa Gomes Sodré, assinaram a ordem de serviço da construção do Complexo Ambiental do Parque Estadual do Sítio do Rangedor.

Quando estiver pronto, o espaço contará com praças, dois estacionamentos, pista de caminhada, ciclovia, trilhas naturais, playgrounds, academias ao ar livre, quadras poliesportivas e espaços de convivência.

Antes era uma Estação Ecológica. Mas, devido à quantidade de áreas que sofriam ataques com queimadas criminosas, despejo de lixo e prática ilegal de caça, o Governo do Maranhão, por meio da Lei Estadual Nº10. 455/2016, aprovada na Assembleia Legislativa, estabeleceu uma nova categoria ao local: a de Parque Ambiental, que agora pode receber as intervenções nas áreas já degradadas.

“E é nessas áreas que vamos atuar. São Luís em seus 405 anos ganha mais um espaço destinado à preservação ambiental, bem estar e lazer”, disse o secretário Marcelo Coelho.

“O Parque se transformará em mais um espaço destinado ao lazer e ao esporte, proporcionando bem estar e qualidade de vida à população da Capital”, conclui o governador Flávio Dino.

Com 126 hectares de área, o Parque Estadual do Sítio Rangedor é uma unidade de proteção integral de reposição de aquíferos. Sua existência, no meio da cidade, garante o abastecimento de importantes lençóis freáticos, localizados no subsolo.


 

Testes indicam que vacina contra zika pode prevenir a transmissão na gravidez

A vacina contra zika desenvolvida pelo Instituto Evandro Chagas (IEC) apresentou resultado positivo nos testes em camundongos e macacos. A aplicação de uma única dose da vacina preveniu a transmissão da doença nos animais e, durante a gestação, o contágio dos filhotes.

“É um dos mais avançados estudos para a oferta de uma futura vacina contra a doença para proteger mulheres e crianças da microcefalia e outras alterações neurológicas causadas pelo vírus”, informou o Ministério da Saúde.

Os dados foram divulgados na sexta-feira (22) pela revista Nature Communications, segundo a pasta.

Os testes pré-clínicos foram realizados simultaneamente no Instituto Nacional de Saúde (NIH), Universidade do Texas e Universidade Washington, dos Estados Unidos, todos parceiros da pesquisa.

Os testes obtiveram sucesso em seu objetivo, que é impedir que o vírus zika cause microcefalia e outras alterações do sistema nervoso central tanto nos camundongos quanto nos macacos. Já os testes em humanos devem ser realizados, a partir de 2019, na Fiocruz/Biomanginhos, no Rio de Janeiro.

Do grupo controle que não tomou a vacina, as fêmeas de camundongos tiveram aborto por conta da transmissão do vírus zika ou seus filhotes nasceram com microcefalia e outras alterações neurológicas.

Esterilidade em machos

Além dos testes em fêmeas, foram feitos testes em camundongos machos. Um dos achados científicos inéditos é que o vírus Zika pode ser capaz de causar esterilidade. A infecção nos animais reduziu consideravelmente a quantidade de espermatozoides, a mobilidade deles (ficaram praticamente imóveis) e o tamanho dos testículos (atrofia). Esses testes não foram realizados nos macacos.

No entanto, segundo o ministério, não é possível afirmar que o efeito também se aplique aos seres humanos e são necessários mais estudos para entender a dimensão deste problema. Os testes da vacina, entretanto, também tiveram sucesso na proteção dos camundongos machos.

A pesquisa ainda não chegou a testar a capacidade dos animais de engravidarem fêmeas após os danos constatados nos testículos, por isso, ainda não é possível apontar o impacto de esterilização nesses animais.

“O que se sabe é que há uma grande quantidade de vírus na excreção do esperma, que significa que o vírus tem bastante capacidade de se replicar, causando a destruição das células que resulta em diminuição dos testículos e, consequentemente, a esterilidade”, disse o diretor do IEC, Pedro Vasconcelos, em nota.

A parceria entre o IEC e os institutos norte-americanos para a pesquisa foi firmada em fevereiro de 2016, a partir de acordo internacional para o desenvolvimento de vacina contra o vírus Zika.

O Ministério da Saúde vai destinar um total de R$ 7 milhões até 2021 para o desenvolvimento e produção da vacina. O imunobiológico em desenvolvimento utiliza a tecnologia de vírus vivo atenuado de apenas uma dose, capaz de estimular o sistema imunológico e proteger o organismo da infecção.

Fonte: Da Agência Brasil

Polícia Civil apreende 3,6 toneladas de maconha no Maranhão

Uma operação da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) realizada nessa sexta-feira (22) resultou na apreensão de 3.684 toneladas de maconha no bairro Miritiua, em São José de Ribamar, município que compõe a Região Metropolitana de São Luís.

Quatro pessoas foram presas durante a ação que culminou na maior apreensão do ano. Entre os detidos estão o paraense Pablo Hernandes Ferreira, 33 anos; o piauiense Walt Rafael Sousa de Araújo, 33 anos; Rodrigo Alves de Oliveira, 32 anos, natural de Porto Nacional – TO; e Denílson Castro dos Santos, 30 anos, natural de São Luís.

Com esta, a polícia já contabiliza mais de sete toneladas de entorpecentes apreendidos em 2017 (Foto: G1 Maranhão)
Segundo a polícia, a ação foi resultado de uma investigação que apontou a existência de um grande estoque de entorpecentes no bairro de São José de Ribamar. A droga estava sendo transportava por uma carreta que acabou interceptada pelos policiais.

Além das drogas e prisões, os agentes da Superintendência de Repressão ao Narcotráfico apreenderam também três veículos – a carreta e outros dois carros que davam suporte durante o transporte da maconha.

Os quatro suspeitos e todo o material apreendido foram apresentados à imprensa na sede da Senarc, no Bairro de Fátima, em São Luís. A polícia estima que a apreensão gerou um prejuízo de pouco mais de R$ 5 milhões ao crime organizado.

Em todo o ano, a polícia conseguiu tirar das ruas sete toneladas de entorpecentes.

Suspeitos foram presos e autuados em flagrante por tráfico (Foto: G1 Maranhão)
Fonte: Por G1 Maranhão

Na Paraíba Mulher colhe mandioca de 20 kg: ”Não esperava ficar tão famosa”

Uma agricultora de 53 anos, da comunidade quilombola Caiana dos Crioulos, em Alagoa Grande – Agreste da Paraíba -, colheu uma macaxeira de mais de 20 kg e 90 cm de comprimento. A agricultora Maria Severina Augusta, conhecida por dona Lia, de 53 anos, disse que “não sabia que ia ficar tão famosa” com a macaxeira colhida na segunda-feira (18).

Ela disse que já raspou o tubérculo e que já rendeu muita farinha. “Fiz farinha, massa, fiz tudo, uma vizinha minha que me ajudou. Foi farinha com força”, disse dona Lia, que sempre morou na comunidade quilombola. A macaxeira é cultivada no quintal de casa e ela planta principalmente por subsistência, mais que para vender.

Sua filha, Maria dos Anjos, ficou muito ansiosa com o caso. “Desde que Rosélia publicou a foto, não para de ligar gente pra cá querendo saber da macaxeira”, falou. O secretário de Cultura de Alagoa Grande Marcelo Lopes contou ao G1 que quando soube do caso correu para divulgar. “Fiz questão de que isso fosse o mais divulgado possível e deu certo”, explicou.

Caiana dos Crioulos

A comunidade quilombola Caiana dos Crioulos fica a cerca de 122 km de João Pessoa e tem 98 famílias. Ela compreende uma área de aproximadamente 646 hectares, de acordo com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). As famílias vivem principalmente de culturas de subsistência, como feijão, fava, milho, mandioca, inhame, batata-doce, bem como da criação de animais e da fruticultura.

Fonte: Por G1 PB

PCdoB Reúne Filiados para Escolha de Nova Presidência do Partido em Codó

O Partido Comunista do Brasil ( PCdoB ) fez um grandioso evento cívico na noite de ontem 22-09-2017 para escolher a nova mesa diretora da sigla que guiará os destinos do partido pelos próximos quatro anos na cidade de Codó.

O evento foi marcado pela presença de centenas de filiados e autoridades políticas que fizeram questão de prestigiar de perto a solenidade cívica de um dos partidos que mais crescem em todo o estado do Maranhão.

Durante o evento o Secretário de Agricultura do Estado Adelmo Soares fez o uso da palavra e disse que a HISTÓRIA do PCdoB no Brasil é uma HISTÓRIA bonita feita por milhares de mulheres e homens de bem e que o partido em Codó é muito bem representado pelo jovem político e ex – vereador Pedro Belo, um cara incansável na luta por recursos que beneficiem toda a população codoense, Adelmo disse ainda que Pedro Belo é como uma PEDRA, disse que a sua vez chegará pois o destino está traçado.

Pedro Belo em sua fala agradeceu pela presença e confiança de todos os integrantes do partido e disse que está cada vez mais empenhado junto ao governador Flávio Dino em busca de recursos e projetos que beneficiem não somente o homem do campo, mais toda a população maranhense e em especial a população de Codó.

Governo do Estado do Maranhão Presenteia Codó com Uma Viatura de Policia

Abaixo a informação oficial do governo do Estado sobre este evento produzida pela jornalista Izabela Silveira, da SECAP:


Continuando os investimentos em Segurança Pública para estimular a cultura de paz, o Governo do Maranhão entregou mais 47 novas viaturas nesta sexta-feira (22). Já são 730 entregues desde 2015.

Em solenidade realizada no Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís, prefeitos, policiais civis e militares e representantes dos municípios receberam das mãos do governador Flávio Dino as chaves das novas viaturas. Os veículos passam a fortalecer o policiamento dos municípios, em complemento às ações de patrulhamento de ruas, combate ao tráfico de drogas e a todo e qualquer crime contra a vida.

“Nós escolhemos investir na segurança pública, essa é uma escolha consciente. No atual cenário que vivemos, temos que otimizar os recursos e escolhemos entre tantas e tantas urgências que Maranhão possui, investir na educação pública e também na segurança”, disse o governador Flávio Dino.

“Chegamos a um número recorde, em 2 anos e 8 meses de governo, entregamos 730 viaturas para as Polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros. Isso equivale a uma viatura nova entregue a cada 32 horas, ou seja, os maranhenses dormem e acordam e o governo já entregou mais uma viatura”, completou o governador.

As novas viaturas servirão também para o Curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural (Cosar), braço especializado no combate a quadrilhas de assaltantes de bancos no interior do estado. Todos os novos carros são totalmente adaptados com tração 4×4, aptos a enfrentar todos os tipos de terreno e possuem os mais modernos equipamentos para o uso policial.

“Esse é um reforço considerável para o sistema da segurança pública no interior do estado. Nas últimas duas semanas, tivemos 150 novas viaturas entregues. Hoje foram 47 viaturas; destas, 40 só para a Polícia Civil, número que se soma as outras 100 para a Policia Militar. Cada viatura dessa é uma equipe a mais na rua realizando investigações, prisões, cumprimento de mandados de prisões”, explica o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela.

O prefeito de Itapecuru, Miguel Lauande, ressaltou a importância de receber as viaturas para o patrulhamento da cidade: “As viaturas chegam para preencher um espaço vazio que existia no município. Essa entrega é de grande importância porque beneficia não só a comunidade, mas também melhora o trabalho das policias”.

Foram investidos R$ 18,4 milhões na compra das novas viaturas que atenderão os municípios de Açailândia, Alcântara, Alto Parnaíba, Araioses, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Barreirinhas, Brejo, , Carolina, Caxias, Chapadinha, Codó, Colinas, Cururupu, Governador Archer, Governador Nunes Freire, Humberto de Campos, Imperatriz, Itaipava do Grajaú, Itapecuru Mirim, João Lisboa, Matinha, Morros, Paulo Ramos, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Rosário, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Quitéria do Maranhão, São Bento, São João do Sóter, São João dos Patos, São Pedro dos Crentes, Timon, Tutóia, Vargem Grande, Viana, Zé Doca, e duas para o Cosar

No Dia Mundial Sem Carro, o desafio da bicicleta ganha cada vez mais adeptos

O Dia Mundial sem carro foi uma maneira simbólica de conscientizar parte da população mundial a deixar mais seus carros em caso em prol de um maior respeito ao meio ambiente.

Está cada vez maior o número de pessoas que estão aderindo a bicicleta não necessariamente como forma de lazer ou entretenimento, mais como forma encontrada de poluir menos o meio ambiente em que vivemos, ao que se parece as pessoas estão se conscientizando mais com essas questões ligadas ao viver bem, a emissão de gases produzida pelos motores dos carros contribui e muito com o agravamento da poluição do meio ambiente.

Líder Norte – Coreano Afirma que Presidente Americano Pagará Caro Por Ameaças ao País

Imagem de arquivo da Agência Central de Notícias da Coreia do Norte (KCNA) do líder Kim Jong-un

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, afirmou hoje (22) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pagará muito caro por seu “excêntrico” discurso na Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no qual ameaçou destruir totalmente o país asiático. A informação é da Agência EFE.

“Estou pensando agora em que resposta ele estaria esperando quando permitiu que essas excêntricas palavras saíssem de sua boca”, afirmou Kim em comunicado divulgado em inglês pela agência de notícias norte-coreana KCNA.

“Agora, Trump insultou a mim e ao meu país diante dos olhos do mundo e fez a mais feroz declaração de guerra da história, de que ele destruiria a República da Coreia do Norte”, completou Kim, retribuindo as ameaças na sequência. “Definitivamente, domarei com fogo esse americano senil mentalmente perturbado”, afirmou Kim Jong-un.

Pouco depois de a imprensa norte-coreana ter publicado as palavras do líder, o ministro das Relações Exteriores, Ri Yong-ho, comentou em Nova York, onde participa da Assembleia Geral da ONU, que a resposta à qual Kim se refere poderia ser o lançamento de uma bomba nuclear no Oceano Pacífico como teste. “Poderia se tratar da mais poderosa das detonações de uma bomba H no Pacífico”, disse o ministro.

Os contínuos testes balísticos e nucleares feitos pelo governo norte-coreano, que já valeram duas séries de sanções da ONU contra o país só em 2017, e o tom beligerante de Trump elevaram a tensão na região neste ano.

A crise foi um dos assuntos mais debatidos da Assembleia-Geral, onde o ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte fará discurso neste sábado (23).

Desnutrição atinge 35,5% das crianças pobres da Venezuela, mostra estudo

Da Agência EFE

Um estudo da Organização Cáritas da Venezuela, publicado nessa quinta-feira (21), mostra que 35,5% das crianças pobres do país, com idade de 0 a 5 anos, apresentam alguma forma de desnutrição. A informação é da Agência EFE.

A pesquisa foi feita com familiares das crianças em três estados. Desse total, 14,5% sofrem de desnutrição moderada ou severa e 21% em grau leve. No entanto, 32,5% estão em risco de serem afetados pelo problema.

O estudo começou a ser feito em outubro do ano passado em 32 paróquias de Caracas e dos estados de Miranda, Vargas e Zulia. Nos últimos quatro meses, entretanto, as pesquisas não foram feitas na capital por causa da onda de protestos contra o governo, que deixou mais de 120 mortos.

A Cáritas explicou no relatório que entre dezembro de 2016 e agosto de 2017 houve aumento da desnutrição infantil aguda de 3,5 pontos percentuais por mês, e que 71% das famílias visitadas relataram ter visto sua situação alimentar se deteriorar.

Além disso, a pesquisa revela que 63% dos entrevistados compram comida de revendedores devido à escassez nos supermercados. Apenas 31% têm acesso ao programa governamental que concede uma cesta básica com preços subsidiados pelo Executivo.

A maioria das famílias ouvida na pesquisa, todas residentes em áreas vulneráveis, relata ter diminuído ou eliminado o consumo de carne vermelha, frango, ovos e lácteos. Elas também têm problemas para ter acesso diário à água potável.

IFMA vai realizar fórum de planejamento estratégico em Codó

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) está construindo seu Planejamento Estratégico para o período 2016 a 2020. O objetivo é implementar ações e projetos que tornem o IFMA uma instituição educacional de referência e capaz de atender as demandas de formação da sociedade maranhense

Para ouvir o que a comunidade espera do Instituto, estão sendo realizados fóruns de planejamento estratégico em todos os campi e na Reitoria. Durante cada fórum, representantes da comunidade acadêmica, sindicatos, empresários locais e políticos discutem desafios e propõem ações em cinco áreas: interação com a sociedade, interação com o mercado, ideias acadêmicas (ensino, pesquisa, extensão e inovação), inclusão social e internacionalização do IFMA.

No Campus Codó, o fórum de planejamento estratégico será realizado na próxima segunda-feira (25), das 8h30 às 13h. O evento contará com a participação do reitor do IFMA, Roberto Brandão; do diretor-geral do campus, Wady Lima; do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e coordenador do Planejamento Estratégico, Carlos César Teixeira; e do consultor Peter Dostler, da STEINBEIS-SIBE do Brasil, empresa especializada em transferência de tecnologia e conhecimento, que está prestando consultoria para o IFMA na construção do planejamento.

Os fóruns já aconteceram nas seguintes unidades: São Luís – Monte Castelo, São José de Ribamar, Rosário, Viana, Barreirinhas Imperatriz, Porto Franco, Barra do Corda, São Raimundo das Mangabeiras, Carolina, Itapecuru Mirim, Pedreiras, Bacabal, Zé Doca, Santa Inês, São Luís – Maracanã, São João dos Patos, Presidente Dutra, Grajaú e Açailândia. Durante a semana de 25 a 29 de setembro, haverá também fóruns nas unidades do IFMA em Caxias (26), Timon (27), Coelho Neto (28) e Araioses (29).

O quê: Fórum de Planejamento Estratégico do IFMA

Onde: Campus Codó, localizado no Povoado Poraquê, S/N, Zona Rural, Codó – MA.

Quando: Dia 25 de setembro (segunda-feira), das 8h30 às 13h